Chapecoense bate Bahia e respira no Brasileirão

Com o resultado, a equipe catarinense chegou aos 8 pontos e deixou o Z-4; Bahia vem logo acima na 15ª colocação

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A Chapecoense conseguiu fazer o dever de casa e venceu o Bahia por 2 a 1, neste domingo, na Arena Condá, na nona rodada do Brasileirão, o último jogo antes do intervalo da Copa do Mundo. A segunda vitória na competição deixou o time catarinense com 8 pontos, mas não tirou a equipe das últimas posições na tabela. A derrota deixou a o Bahia em estado de atenção, também com 8 pontos, mas com um saldo de gols melhor do que o adversário.

Com o objetivo de levantar o astral da equipe, a Chapecoense começou a partida de forma mais ofensiva diante do Bahia. O time visitante conseguiu se fechar bem no início do jogo. Até os 15 minutos, nenhum dos goleiros havia trabalhado. Aos 25 minutos, uma jogada perigosa do Bahia pelo lado direito obrigou o goleiro Danilo a fazer uma boa defesa em um chute forte de Talisca.

A partir do lance de perigo, o time visitante começou a se impor mais, obrigando a defesa da Chapecoense a agir com mais vigor. Com medo de levar pressão e aproveitando a lesão do volante Nenén, o time da casa colocou o atacante Bergson para pressionar na frente.

O primeiro tempo terminou empatado, mas no retorno para a segunda etapa o jogo voltou forte, com muita disputa no meio-campo e jogadas ríspidas dos dois lados. Com os dois times tentando marcar, os cartões começaram a aparecer. No primeiro minuto, Roniery perdeu a bola e entrou forte em Neuton. Aos oito foi Neuton quem fez falta em Maxi e também levou cartão. Instantes após o cartão, Abuda recebeu livre de Fabiano e soltou uma bomba de longe, abrindo o placar para a Chapecoense.

O jogo continuou mais pegado ainda. Até os 25 minutos, mais quatro cartões amarelos foram distribuídos. Neste momento, Alemão conseguiu ampliar o placar para o time da casa. O resultado obrigou o Bahia a se movimentar ainda mais para tentar buscar pelo menos um gol de honra. Com mais ofensividade, os visitantes conseguiram diminuir com um gol de Demerson, após escanteio cobrado por Talisca, aos 40 minutos do segundo tempo. O jogo foi até os 49, mas nenhum dos times conseguiu mexer no placar.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 2 x 1 BAHIA

CHAPECOENSE - Danilo; Fabiano, Rafael Lima, Jailton e Neuton; Wanderson, Abuda (Willian Arão) e Tiago Luis; Nénem (Bergson), Dedé (Bruno Silva) e Alemão. Técnico: Celso Rodrigues.

BAHIA - Marcelo Lomba; Roniery, Demerson, Lucas Fonseca e Guilherme Santos; Feijão, Rafael Miranda, Pittoni (Emanuel Biancucchi) e Branquinho (Willian Barbio); Talisca e Maxi (Henrique). Técnico: Marquinhos Santos.

GOLS - Abuda, aos 8, Alemão, aos 25, e Demerson, aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Neuton, Bruno Silva, Bergson e Alemão (Chapecoense); Roniery e Talisca (Bahia).

ÁRBITRO - Igor Júnior Benevenuto (MG).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Leia tudo sobre: chapecoensebahiacampeonato brasileiro