Casal que liderava o tráfico em Matozinhos há mais de 20 anos é preso

Além dos suspeitos, outras pessoas que participam da quadrilha foram detidas durante a operação João de Barro

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Casal foi localizado na cidade de Ponta Porã
OSVALDO RAMOS
Casal foi localizado na cidade de Ponta Porã

Um casal suspeito de liderar o tráfico em Matozinhos, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi preso em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. A mulher de 35 anos e o homem de 31 desembarcaram na capital mineira na tarde deste domingo (1º).

Lílian Lopes de Oliveira e  Diogo Silva Ribeiro foram capturados durante a operação João de Barro, que foi desencadeada no dia 28 de maio. Além do casal, outros dez suspeitos foram presos em Matozinhos e em Ribeirão das Neves, também na Grande BH.

"Os trabalhos investigativos, com os usuários de droga, nos levaram a alguns dos presos em Matozinhos e no mesmo dia descobrimos que o casal que comandava o tráfico estava em Ponta Porã, Mato Grosso do Sul. Mais pessoas ainda devem ser presas", disse o delegado Luiz Bezerra de Lima.

O casal agia na região há mais de 20 anos e, além do tráfico, é suspeito nos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção de menores, comércio ilegal de armas de fogos, homicídios, extorsão e constrangimento ilegal. Outras cinco pessoas que também participava da quadrilha ainda não foram presas.

Após desembarcarem no  Hangar da Polícia Civil, na Pampulha, Lílian e Ribeiro foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) e passaram por  exames de corpo de delito. Em seguida, a dupla foi encaminhada ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional  (Ceresp) Centro-Sul.  

Leia tudo sobre: DROGASMATO GROSSO DO SULMATOZINHOS