Maxwell admite receio por contusão nos treinos pré-Copa

Após Paulinho contundir o tornozelo em uma dividida com Bernard, lateral-esquerdo da seleção diz que "é difícil jogar 100% focado" pela preocupação de também se machucar às vésperas da Copa do Mundo

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Maxwell, lateral-esquerdo, participa do treinamento
Gaspar Nóbrega/VIPCOMM
Maxwell, lateral-esquerdo, participa do treinamento

Depois de o italiano Montolivo e do mexicano Luiz Montes terem fraturado a perna no último sábado (31), o lateral-esquerdo Maxwell não escondeu que se preocupa com um possível contusão às véspera da abertura da Copa do Mundo no Brasil.

Por causa das lesões sofridas, os dois jogadores estrangeiros estão fora do Mundial. No sábado, Paulinho se contundiu no tornozelo numa dividida com Bernard. Ele não treinou no domingo (1º) e está fora do amistoso contra o Panamá, na próxima terça (3), em Goiânia.

"Desde que saiu a convocação, é difícil jogar 100% focado. Você sempre tem a preocupação de se machucar e perder uma competição como essa, que é um sonho", afirmou Maxwell, lateral do paris Saint-Germain.

"O importante é tentar se preparar bem, fazer trabalho de prevenção. E, na hora dos jogos, é tentar estar focado no campo e esquecer esses acidentes", acrescentou.

Já o zagueiro Dante disse que não se poupa na dividida nos treinos na Granja Comary. "A melhor maneira de não se machucar é ir 100% sem medo. Quando for para o choque, ir 100%, da maneira mais segura. Depois, pode tudo acontecer", disse o zagueiro do Bayern de Munique.

"Se vier lesão muscular, não quero saber. Se tiver que ir para o pau, se tiver que machucar, machucou. Tem de trabalhar forte, independentemente do pensamento de se machucar", completou.

Folha Press

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave