Dante reconhece desatenção no treino e aceita críticas de Felipão

Treinador brasileiro chamou a atenção do setor defensivo diante dos erros vistos no treino deste domingo

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Dante terá a oportunidade de ser titular no penúltimo amistoso do Brasil antes da Copa do Mundo
Alexandre Loureiro/Vipcomm
Dante terá a oportunidade de ser titular no penúltimo amistoso do Brasil antes da Copa do Mundo

O zagueiro Dante e o lateral Maxwell aceitaram as broncas do técnico Luiz Felipe Scolari durante o treino deste domingo (1º).

Felipão interrompeu o coletivo diversas vezes, reclamou da marcação. No final, ele declarou que não gostou do treino.

Substituto de Thiago Silva no amistoso contra o Panamá, na terça (3), em Goiânia, Dante não quis nem polemizar.

"Estávamos desatentos [na defesa]. Demos uma cochilada mesmo. A bola parada origina quase 50% dos gols. Ele mostrou que temos que tomar bastante cuidado nesses lances, que são importantes para vencer", disse Dante.

Neste domingo, Felipão decidiu deixar na Granja Comary os volantes Paulinho e Fernandinho, além de Thiago Silva. Os três não vão embarcar neste noite para Goiás. Paulinho machucou no sábado (31) o tornozelo numa dividida com Bernard.

"Quando o treinador diz que não está contente, não precisa responder", acrescentou o zagueiro do Bayer de Munique.

Após o treino, Felipão justificou as broncas. Paulinho foi substituído por Hernanes.

"Não gostei do treino, não gostei nada. Tudo errado. Muita coisa errada. Muita liberdade, muito contra-ataque, uma série de detalhes que não é o normal da seleção", disse o treinador, em entrevista ao "Esporte Espetacular, da TV Globo.

O lateral Maxwell reagiu com naturalidade.

"Essas conversas são naturais para pegar a forma de jogar. É importante o treinador cobrar e dar uns toques. Temos que ouvir e tentar acertar", afirmou o lateral do Paris Saint-Germain.

Leia tudo sobre: felipaodanteCopa do Mundoerrostreino