Campeões em momentos opostos

Última rodada antes da Copa pode fechar o mês com liderança do Cruzeiro e os rubro-negros no Z-4

iG Minas Gerais | Guilherme Guimarães e Bruno Trindade |

Sempre alerta. Embora não tenha sido titular no Cruzeiro, Souza sempre entrou bem no time celeste
FERNANDA CARVALHO – 27.3.2014
Sempre alerta. Embora não tenha sido titular no Cruzeiro, Souza sempre entrou bem no time celeste

Um duelo de peso, de muita tradição e que colocará frente a frente os últimos campeões do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Assim será o encontro entre Cruzeiro e Flamengo, hoje, às 16h, no estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, pela nona rodada do Nacional.

Em situações opostas na tabela de classificação, Raposa e rubro-negro têm objetivos distintos. Os mineiros querem consolidar a liderança, enquanto os cariocas pretendem sair da tão temida zona de rebaixamento da Série A.

Atual líder do Brasileiro, com 16 pontos, o Cruzeiro só depende de seus esforços para atingir a meta traçada pela comissão técnica. A intenção do comandante Marcelo Oliveira é terminar a “primeira etapa” da disputa no topo da tabela. Para isso, uma vitória simples basta.

Já o Flamengo, sonha em espantar o fantasma do Z-4. Para isso, o técnico Ney Franco precisará desencantar. Desde que estreou no comando da equipe, na quinta rodada, os cariocas não venceram. De lá para cá, somam uma derrota e três empates.

Mesmo sabendo da situação complicada pela qual vive o Flamengo, os jogadores do Cruzeiro pregam respeito ao tradicional adversário.

“O Flamengo é uma grande equipe, tem jogadores de qualidade. Por isso, vamos estudar bem a equipe deles, conversar com o treinador para fazermos um bom jogo”, ressaltou o vice-artilheiro do Brasileirão, Ricardo Goulart.

Ainda na visão do meia-atacante estrelado, o confronto de hoje demanda atenção, pois o Cruzeiro é um time “mais visado”.

“Não tem jogo fácil. Sempre o Campeonato Brasileiro reserva jogos complicados. E viramos alvo, pois temos que ter o psicológico bom. A intenção é manter a primeira colocação e criar uma gordurinha. O Cruzeiro tem uma grande equipe e os adversários vão nos respeitar também”, concluiu.

O técnico celeste tem problemas para o último compromisso cruzeirense antes da parada para a disputa da Copa do Mundo. Marcelo Oliveira não contará com dois atacantes, o centroavante Marcelo Moreno, suspenso e, ainda, à serviço da seleção boliviana, e Willian.

O “do bigode” entrou em acordo com a diretoria e, para não fazer o sétimo jogo no Brasileiro – o que o impossibilitaria de se transferir para outro clube da Série A –, vai esperar o desfecho da negociação entre a diretoria estrelada e o Metalist-UCR. O clube ucraniano detém os direitos econômicos do jogador e os dirigentes azuis já fizeram proposta para comprá-lo.

Depois do jogo, cruzeirenses e flamenguistas entrarão de férias forçadas, já que o Brasileirão será paralisado pela disputa da Copa do Mundo. As atividades serão interrompidas por 13 dias na Toca II e por duas semanas no centro de treinamento rubro-negro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave