Suando a camisa para perder até 1.000 calorias por aula

Combinação de exercícios criada por academia de BH tem software para acompanhar performance

iG Minas Gerais | Litza Mattos |

Motivação. Formada por exercícios aeróbicos e funcionais, resultados da aula podem começar a aparecer de uma semana a 15 dias
MARIELA GUIMARAES / O TEMPO
Motivação. Formada por exercícios aeróbicos e funcionais, resultados da aula podem começar a aparecer de uma semana a 15 dias

Adeptos das atividades físicas em academias já estão acostumados com as aulas que reúnem vários tipos de exercícios. Mas o Extreme Fit, que promete queimar até 1.000 calorias e eliminar cerca de 5 kg por semana, é a mais recente novidade do mundo fitness que tem chamado a atenção de sedentários, atletas e profissionais de educação física.

O diferencial da nova metodologia, que está sendo oferecida para cerca de 200 alunos desde outubro de 2013, em uma academia de Belo Horizonte, é a utilização de um software e de um frequencímetro individual oferecido pela academia durante os treinos. Com o aparelho, o próprio aluno consegue se monitorar durante o exercício, através de painéis coloridos espalhados pelo salão.

“Antes da aula, cadastramos a idade, o peso e a altura, e o próprio equipamento calcula a frequência máxima ideal que o aluno pode atingir durante o exercício. No visor, aparece o batimento cardíaco, as calorias queimadas e o percentual de frequência cardíaca calculado pelo programa”, explica Carlos Bracks, gerente operacional da academia Alta Energia.

Pelas cores, o aluno consegue visualizar seu desempenho. “A cor branca significa repouso. A azul indica uma caminhada ou trote leve, e a verde significa uma corrida mais acelerada. A cor laranja é considerada a faixa ideal porque é quando o aluno está trabalhando entre 82% e 92% da sua frequência máxima. E por fim, o vermelho significa que o aluno está forçando muito. Ao final da aula, cada pessoa recebe em seu e-mail uma avaliação da sua performance”, diz Bracks.

O servidor público Gustavo Avelar, 31, foi o primeiro aluno a atingir a tão sonhada marca das 1.000 calorias. “Queria sair do sedentarismo e comecei a praticar. Ainda não emagreci, mas meu condicionamento melhorou, e já consigo ficar mais de 40 minutos da aula na ‘zona laranja’. Acredito que a regularidade nas aulas também tem contribuído para o resultado”, conta.

Para se chegar a esse resultado, a professora de educação física Samantha Lopes explica que a aula, com duração de uma hora, é dividida em duas partes. “Uma parte com exercícios aeróbicos, quando o aluno pode escolher entre a esteira ou a bicicleta, e uma segunda parte de exercícios funcionais, que treina os membros inferiores, superiores, abdômen, exercícios de equilíbrio, saltos... Mesmo sendo uma aula em que o próprio aluno vê o seu desempenho, é necessário motivá-lo o tempo todo”, diz Samantha.

O presidente da Alta Energia, Flavio Alexandre Costa, conta que a modalidade desenvolvida pela equipe técnica da academia deve ganhar uma unidade exclusiva para o Extreme Fit no início de 2015. “A união da técnica com a tecnologia gerou uma atividade muito eficiente”. diz Costa.

“Faço jiu-jítsu e vi que a aula poderia me dar um condicionamento legal e, como o treino é bem puxado, isso melhorou bastante. Faço o Extreme Fit de três a quatro vezes por semana e gosto mais da parte aeróbica”, diz Felipe Tavares, 27, empresário.Condicionamento.

Custo da aula

BH. Na Academia Alta Energia (unidade Mangabeiras), o pacote mensal do Extreme Fit custa R$ 289,90. A aula, com duração de 1 hora, é oferecida em seis horários diferentes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave