Novela investe em novidades

‘Vitória’ traz o primeiro protagonista cadeirante da história da teledramaturgia

iG Minas Gerais |

Com dois temas centrais bem-definidos – a corrida de cavalos e a vingança de um filho sobre o homem que o criou –, “Vitória”, a nova novela da Record, assinada por Cristianne Fridmann, estreia amanhã às 21h15. Além desses temas, a autora aposta nas diferentes abordagens sobre outros assuntos para agradar o público. “Gosto de apresentar novidades. O casal protagonista tem uma história bastante inusitada, e também falo de neonazismo, de três amigos engenheiros que se tornam strippers e de motocross, com uma pegada diferente”, disse.

Bruno Ferrari interpreta Artur, o primeiro protagonista cadeirante da teledramaturgia brasileira. Ele ficou paraplégico aos 12 anos e cresceu com ódio por ter sido abandonado pelo pai, Gregório (Antônio Grassi). Mesmo depois de saber que Gregório não é seu pai biológico, Artur dará prosseguimento em seu plano de vingança: seduzir sua meia-irmã, Diana (Thaís Melchior). “Além das emoções fortes, esse trabalho, para mim, é mais físico do que qualquer outra coisa. Precisei aprender a andar com os braços”, contou o ator.

Já Thaís Melchior fará a primeira protagonista da carreira. “Quando soube que passei no teste, nem acreditei. Me apaixonei pela Diana e pelos cavalos. Só pensava que essa personagem tinha que ser minha de qualquer jeito!”, comemorou a bela atriz de 23 anos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave