Morena na zona de conforto

Veronica Debom, que faz parte do time de stand-up Comédia em Pé, sonha uma segunda temporada do humorístico

iG Minas Gerais | Belisa Taam |

“Não sei o que seria se não fosse atriz. Me formei em publicidade também, mas não gostaria de trabalhar com isso.”
Luiza Dantas/CZN
“Não sei o que seria se não fosse atriz. Me formei em publicidade também, mas não gostaria de trabalhar com isso.”

Com piadas na ponta da língua, Veronica Debom assume ficar mais à vontade para viver tipos cômicos. No elenco do programa humorístico “Tá no Ar: a TV na TV”, da Globo, a atriz de 30 anos valoriza a liberdade do gênero para abordar questões relevantes da sociedade. “A função do humor também é expor as mazelas do mundo atual. Podemos abordar qualquer coisa, mas sempre com bom senso”, opina.

Paralelamente à TV, Veronica faz parte do time de stand-up Comédia em Pé. Inclusive, ela atribui sua entrada no programa de Marcelo Adnet e Marcius Melhem ao projeto no teatro. “A equipe de produção precisava de mais uma mulher”, festeja a atriz, que, mesmo com o lado do humor aflorado, classifica como inesquecível a sua atuação dramática em “Copa Hotel”: “A Bia, de ‘Copa Hotel’, não tinha nada a ver com comédia. Pelo contrário. Era bem depressiva. No último dia de gravação, até chorei por me despedir do papel”.

A cada episódio de “Tá no Ar”, a produção mostra que não poupa criatividade para satirizar a própria televisão. Na reta final da primeira temporada, Veronica comemora o saldo positivo de seu trabalho e a boa relação com a equipe fora dos estúdios. “Toda quinta nos reunimos para assistir. Queremos já uma próxima temporada”, torce ela, que está longe dos folhetins desde “Rebelde”, em 2012, na Record. “Gosto de novelas, mas, nas séries, há um cuidado maior com cada cena”, finaliza a atriz, que sonha em contracenar com Gael García Bernal.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave