Coritiba faz 3 a 0 no Goiás e vence a 1ª no Brasileiro

Alex comandou o Coxa, que alivia pressão e deixa o posto de lanterninha na última rodada antes da parada da Copa

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Alex ajudou o Coritiba a chegar ao seu primeiro triunfo no Campeonato Brasileiro de 2014
Divulgação/Coritiba
Alex ajudou o Coritiba a chegar ao seu primeiro triunfo no Campeonato Brasileiro de 2014

Após oito rodadas sem vencer e iniciando a nona na lanterna, o Coritiba conquistou a sua primeira vitória neste Campeonato Brasileiro, na noite deste sábado, ao vencer o Goiás por 3 a 0 no Estádio Durival de Britto, em Curitiba. Com o resultado, a equipe paranaense deixa provisoriamente a zona de rebaixamento, em 16º lugar, com sete pontos, mas ainda depende de tropeços dos adversários para seguir fora da área de risco da tabela. Já o time goiano se manteve com 15 pontos e caiu para a sexta colocação.

O Coritiba precisava da vitória para deixar a lanterna e tentar se livrar da zona de rebaixamento antes da paralisação para a Copa do Mundo, e iniciou a partida pressionando o Goiás em seu próprio campo. A pressão deu resultado logo aos quatro minutos, quando o volante Gil cruzou da direita para o meia Alex, que subiu mais que a zaga goiana e abriu o placar.

O gol deu mais tranquilidade ao time da casa, que manteve a mesma pressão. Ainda assim, em um vacilo da defesa aos dez minutos, Ramón avançou por trás da zaga e de cabeça mandou a bola na trave direita de Vanderlei, quase empatando o jogo para o Goiás.

O técnico Celso Roth optou por Keirrison no ataque na vaga de Roni para dar mais rapidez na frente e a estratégia deu resultado. Aos 14 minutos, em uma tabela iniciada com Zé Eduardo Alex tocou para o meio da área e Keirrison, que acompanhava a jogada, empurrou para as redes.

A partir daí, o Coritiba diminuiu o ritmo, mas o Goiás, sem inspiração alguma, não oferecia perigo. Aos 44 minutos, Keirrison avançou pela esquerda e cruzou para o ala Dener aparecer na corrida e marcar o terceiro gol.

O Goiás voltou para a etapa final com o atacante Danilo na vaga de Tiago Real, que não criou muita coisa na primeira etapa. A alteração não deu resultado e o jogo caiu tecnicamente. O Coritiba, com vantagem cômoda no placar, tocava a bola e a equipe goiana não conseguia levar perigo ao gol de Vanderlei.

O time da casa ainda teve chance de ampliar em jogada de Alex, aos 39 minutos, mas Zé Eduardo perdeu o gol, sem marcação, dentro da pequena área.

No final da partida, o volante Gil comemorou o resultado. "Vínhamos fazendo boas partidas, mas não conseguíamos os gols, mas hoje fizemos uma boa partida e os gols que antes não entravam", afirmou.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 3 X 0 GOIÁS

CORITIBA - Vanderlei; Reginaldo, Luccas Claro, Wellinton e Dener; Baraka, Germano, Gil (Robinho) e Alex; Keirrison (Julio Cesar) e Zé Eduardo (Dudu). Técnico: Celso Roth.

GOIÁS - Edson; Thiago Mendes, Jackson, Alex Alves e Juliano (Lima); Tiago Real (Danilo) Ramón, Rodrigo e Amaral; Assuério e Esquerdinha (Erik). Técnico: Ricardo Drubscky.

GOLS - Alex, aos 4, Keirrison, aos 14, e Dener, aos 44 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Pablo dos Santos Alves (ES).

CARTÕES AMARELOS - Alex Alves, Reginaldo, Lima, Germano, Gil e Vanderlei.

RENDA - R$ 38.950,00.

PÚBLICO - 3.127 pagantes.

LOCAL - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).

Leia tudo sobre: coritibacampeonato brasileiro