Portugal e Grécia ficam no empate sem emoção e gols

Equipe portuguesa não pôde contar com dois de seus principais jogadores: Cristiano Ronaldo e Pepe

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Jogo não empolgo a torcida e deixou a desejar
Francisco Seco/AP
Jogo não empolgo a torcida e deixou a desejar

Em amistoso entre duas seleções que vão para a Copa do Mundo, Portugal e Grécia não saíram de um tedioso 0 a 0, neste sábado, no Estádio Jamor, em Lisboa. Foi a primeira vez que as duas equipes se enfrentaram em solo português desde a final da Eurocopa de 2004, quando os gregos venceram os anfitriões e ficaram com o título.

Antes do jogo, houve uma bonita homenagem a Eusébio, grande ídolo do futebol português, que morreu em janeiro, emocionando os mais de 33 mil torcedores no estádio. Com a bola rolando, Portugal entrou em campo sem dois de seus principais jogadores, o zagueiro Pepe e o atacante Cristiano Ronaldo, que se recuperam de contusões musculares.

Sem Cristiano Ronaldo, a seleção portuguesa perde grande parte de sua força. Para completar, o técnico Paulo Bento aproveitou a oportunidade para testar alguns jogadores. Do outro lado, a Grécia manteve a vocação defensiva, sua característica principal nos últimos anos. Assim, o amistoso terminou mesmo sem gols.

Na Copa do Mundo, a Grécia está no Grupo C, que conta com Costa do Marfim, Japão e Colômbia - este último é o adversário grego na estreia, em 14 de junho, no Mineirão. E Portugal caiu no G, junto com Alemanha, Gana e Estados Unidos - os portugueses começam a disputa diante dos alemães, no dia 16, na Arena Fonte Nova.  

Leia tudo sobre: Copa do Mundoportugalgreciaamistosofutebol