Del Bosque inclui Diego Costa na lista final da Espanha

Técnico espanhol decidiu confirmar o atacante mesmo sem ter garantias que ele estará em condição de atuar na Copa

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

undefined

Mesmo sem ter garantia sobre a recuperação total de Diego Costa, Vicente Del Bosque resolveu arriscar. Neste sábado, o técnico confirmou o brasileiro naturalizado espanhol na lista final da Espanha para a Copa do Mundo. O lateral Juanfran também foi incluído na relação de 23 jogadores.

Diego Costa gerava a maior expectativa por causa dos problemas físicos e pela opção que fez em defender a Espanha, em detrimento da seleção brasileira, anfitriã do torneio. Luiz Felipe Scolari afirmou em entrevista recente ao jornal O Estado de S. Paulo que teria convocado o atacante para o Mundial, caso ele não tivesse optado pelo time espanhol.

A convocação de Costa pela Espanha parecia certa até que ele começou a sofrer com lesões na reta final da temporada europeia. Um problema muscular na coxa direita, sofrido na rodada final do Campeonato Espanhol, o tirou de combate da grande final da Liga dos Campeões, no sábado passado.

Para tentar entrar em campo, ele chegou a viajar para a Sérvia para se submeter a um polêmico tratamento a base de placenta de cavalo. Não deu certo e o atacante só conseguiu ficar oito minutos em campo na final da Liga, na qual seu Atlético de Madrid foi superado pelo Real Madrid na prorrogação.

Com prazo de recuperação de ao menos duas semanas, a lesão de Diego Costa passou a preocupar Del Bosque nos últimos dias. O treinador deu prazo até esta sexta para que o atacante mostrasse bons sinais de reabilitação, o que não foi confirmado pela Real Federação Espanhola de Futebol, ao publicar a lista final.

Por ainda não estar 100%, o atacante vai perder praticamente toda a preparação da Espanha antes da viagem ao Brasil. Ele perdeu o amistoso com a Bolívia, na noite de sexta, e também deve ficar fora da partida contra El Salvador, no dia 7 de junho, em Washington.

Del Bosque também confirmou os cortes de Fernando Llorente e Alvaro Negredo da lista espanhola. Eles brigavam com Diego Costa e David Villa, confirmado, pelas vagas no ataque. Fernando Torres, elogiado pelo treinador no amistoso com a Bolívia, também se garantiu.

Na defesa, o técnico também apostou na recuperação do lateral Juanfran. Ele sofreu uma entorse de tornozelo após a final da Liga dos Campeões, no sábado passado, e era dúvida. Del Bosque, contudo, decidiu confirmar o nome do jogador do Atlético na Copa

Caso Diego Costa ou Juanfran venham a sofrer recaídas em seus problemas físicos, o técnico ainda terá a chance de fazer substituições no elenco até 24 horas antes da estreia da Espanha na Copa, marcada para o dia 13 de junho, contra a Holanda, em Salvador, na Arena Fonte Nova.

Antes de anunciar a lista final, neste sábado, já havia cortado os jovens Alberto Moreno, Ander Iturraspe e Gerard Deulofeu e o meia-atacante Jesus Navas, do Manchester City, porque estava fora de ritmo de jogo. Ele ficara dois meses afastado por lesão.

Na relação final da Espanha, o Barcelona mais uma vez liderou em número de convocados, com sete jogadores. O Atlético forneceu quatro e o Real, apenas três.

Confira os convocados da Espanha para a Copa:

Goleiros: Iker Casillas (Real Madrid), Pepe Reina (Napoli), David De Gea (Manchester United);

Defensores: Sergio Ramos (Real Madrid), Gerard Piqué (Barcelona), Raul Albiol (Napoli), Cesar Azpilicueta (Chelsea), Juanfran (Atlético de Madrid), Jordi Alba (Barcelona);

Meio-campistas: Xavi (Barcelona), Xabi Alonso (Real Madrid), Sergio Busquets (Barcelona), Andres Iniesta (Barcelona), Cesc Fàbregas (Barcelona), Santi Cazorla (Arsenal), Koke (Atlético de Madrid), Javi Martinez (B

ayern de Munique), Juan Mata (Manchester United);

Atacantes: David Silva (Manchester City), Diego Costa (Atlético de Madrid), Fernando Torres (Chelsea), Pedro (Barcelona), David Villa (Atlético de Madrid).

Leia tudo sobre: Copa do Mundofutebolespanhaconvocadosdiego costaatacante