Roseli Borghi

Nutricionista coordenadora da pesquisa

iG Minas Gerais | Litza Mattos |

Por que isso está acontecendo dentro dos hospitais?  

A quantidade de idosos na população está aumentando, e esse é um cenário novo para os profissionais de saúde e hospitais. Às vezes, pela rotina, o profissional tem que priorizar os pacientes mais críticos.

Quais são as maiores carências nutricionais em idosos?

Em geral, eles têm deficiência calórica, de proteína, vitamina D e cálcio porque diminuem a ingestão de todos os alimentos. Por isso, sofrem mais acidentes, caem mais.

Em casa, o que os familiares podem fazer?

O primeiro sinal que para ficar atento é em relação à perda de peso. É preciso verificar pequenas coisas: se a prótese dentária está ficando solta na boca, as roupas ou a marca do cinto. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave