Namorados viverão entre dois amores

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

Paixão conjunta. Gustavo e Carina sempre dividiram o amor pelo futebol
JOÃO GODINHO
Paixão conjunta. Gustavo e Carina sempre dividiram o amor pelo futebol

Juntinhos na frente da televisão. É assim que muitos casais vão comemorar o Dias dos Namorados. Pela primeira vez, eles vão abrir mão das comemorações tradicionais deste dia, já que na mesma data em que se celebra o amor deles, dia 12 de junho, será também o jogo de abertura da Copa do Mundo no Brasil. O jogo será em São Paulo, quando a nossa seleção enfrenta a Croácia.  

Acordos. Apaixonados pelo futebol, alguns rapazes tiveram trabalho para convencer as namoradas a anteciparem a comemoração. Outros entraram em acordo e decidiram assistir à partida juntinhos e na companhia de outros casais amigos.

Para, literalmente, ganhar o jogo, o advogado Leonardo Amâncio, 25, teve que passar vários dias convencendo a estudante Stele Pereira, 19, a antecipar a celebração do Dia dos Namorados, para que ele pudesse assistir à abertura mais tranquilo. “Vamos comemorar no dia 10 ou 11, eu a convenci porque assim passaríamos mais tempo juntos. Eu gosto muito de futebol e queria muito ver o primeiro jogo do Brasil. Provavelmente vai ser a única Copa no meu país que eu vou poder ver, então quero acompanhar tudo”, contou.

Stele queria seguir a tradição e manter a comemoração no dia 12, mas acabou cedendo ao perceber o quanto a mudança era importante para o namorado. “Ele foi me convencendo aos poucos. Eu não ligo muito para futebol, mas realmente percebi que ele gosta muito, então acabei aceitando para deixá-lo feliz”, justificou. O casal deve assistir à abertura juntos. Namorando há cinco meses, eles se preparam para sua primeira Copa em comum e pretendem assistir juntos a todos os jogos.

Em situação parecida, mas sendo os dois apaixonados por futebol, o casal de estudantes Gustavo Marra, 25, e Carina Castro, 18, vai adiar a comemoração da paixão de um pelo outro. No dia 12 só mesmo a paixão pelo futebol vai valer, já que na data eles vão torcer juntos pela seleção brasileira.

“Pode ser até mais interessante, pois, com uma vitória do Brasil, comemoraremos o Dia dos Namorados mais felizes”, disse Gustavo. Carina concorda e completa que faz questão de assistir aos jogos da Copa.

“São momentos de muita emoção para viver ao lado de quem se gosta. Temos que aproveitar cada instante e compartilhar a mesma alegria”, defende. Eles pretendem se reunir com os amigos para assistir a primeira partida.

Campanha. Assim como os dois casais, quem decidir antecipar ou adiar a data não vai sair prejudicado por fugir da tradição e pode até se beneficiar com a mudança. Além de sair para jantar ou comemorar em bares da cidade, eles podem ganhar alguns descontos em lojas, bares, motéis e restaurantes. Uma marca de cerveja, por meio de uma campanha publicitária criou um movimento e fez parcerias para incentivar os casais a assistirem a partida juntos e adiantarem a comemoração romântica para o dia 11 de junho.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave