Mercedes prepara novidades para o GP do Canadá

Equipe tem trabalhado duro na preparação dos carros para a próxima etapa do campeonato no Canadá

iG Minas Gerais | Folha Press |

No Mundial de Pilotos, Rosberg lidera com quatro pontos de vantagem sobre o companheiro de time Hamilton. O GP do Canadá acontece no dia 8, às 15h (de Brasília).
Mercedes AMG Petronas oficial/reprodução
No Mundial de Pilotos, Rosberg lidera com quatro pontos de vantagem sobre o companheiro de time Hamilton. O GP do Canadá acontece no dia 8, às 15h (de Brasília).

Nem as lideranças dos Mundiais de Pilotos e Construtores da F-1 ou as seis vitórias conquistadas nas seis corridas disputadas até agora nesta temporada fazem a Mercedes relaxar.

A pouco mais de uma semana do GP do Canadá a equipe alemã tem trabalhado duro na preparação para a próxima etapa do campeonato e, apesar da superioridade sobre as rivais que tem mostrado desde o começo do ano, terá uma série de novidades na prova em Montréal.

"Vamos levar uma série de atualizações para nosso carro, tanto na unidade de potência como na parte aerodinâmica, então devemos ter um final de semana empolgante pela frente", afirmou Paddy Lowe, diretor técnico da Mercedes, que disse ainda que depois da falha no motor de Valtteri Bottas, da Williams, no GP de Mônaco, a fornecedora tem trabalhado bastante para tentar entender o problema e fazer com que ele não se repita.

Nas seis etapas disputadas até aqui neste Mundial, apenas no GP da Austrália, abertura do campeonato, um piloto da Mercedes sofreu com problemas na unidade de potência. Em Melbourne, Lewis Hamilton teve de abandonar a prova por conta de uma falha. Desde então, tanto Hamilton como Nico Rosberg não deixaram mais de marcar pontos, sempre em primeiro ou segundo lugar.

E, apesar de mais uma vez chegar como favorita em um final de semana de corrida, Toto Wolff, chefe do time, garante que a Mercedes está escaldada por maus resultados no passado e não deixará que isso a atrapalhe.

"Podemos dizer que, no papel, temos tudo para chegar fortes a Montréal, pois as características do circuito se adaptam ao nosso carro. Mas não temos uma bola de cristal e já sofremos com isso no passado. Nosso time está trabalhando num nível muito alto neste momento, mas temos de continuar assim e nos mantermos humildes e focados", declarou Wolff.

"Em Mônaco tivemos mais um final de semana impecável, mas fomos para a corrida convencidos de que nossos adversários estavam mais próximos. Foi com esta mentalidade que nos preparamos, como as zebras. Justamente por isso ficamos tão felizes ao ver que ainda temos uma boa vantagem", completou o dirigente sobre a quinta dobradinha seguida da Mercedes conquistada com a vitória de Rosberg e o segundo posto de Hamilton.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave