Cruzeiro segue interessado em Manoel e conversa com empresários

Agente do jogador esteve na Toca II; Atleta estava em litígio com o Atlético-PR e chegou a tentar na Justiça sua liberação trabalhista

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Manoel chegou às categorias de base do Atlético Paranaense em 2006 e fez sua estreia no time profissional em 2009
DIVULGAÇÃO/ATLÉTICO-PR
Manoel chegou às categorias de base do Atlético Paranaense em 2006 e fez sua estreia no time profissional em 2009

A diretoria do Cruzeiro age rápido e aproveita o litígio do zagueiro Manoel com o Atlético-PR para negociar com o jogador. Na manhã desta sexta-feira, o empresário Neco Cirne, que cuida da carreira do defensor, esteve na Toca II para fechar detalhes da negociação com o diretor de futebol celeste Alexandre Mattos.

No encontro, as partes deixaram acertados detalhes de salário e tempo de contrato, faltando apenas os exames médicos, que Manoel deve realizar no início da próxima semana.

Vislumbrando uma possível saída de Dedé no meio do ano, o Cruzeiro resolveu investir na contratação de um novo zagueiro e o nome de Manoel agradou. Em seus tempos como técnico do Coritiba, Marcelo Oliveira acompanhou de perto o defensor do rival Atlético-PR, que aceitou liberar o jogador, uma vez que o atleta estava afastado e chegou a buscar na Justiça sua liberação do Furacão.

Segundo informações preliminares, o Cruzeiro, com a ajuda de investidores, pagaria ao Atlético-PR cerca de 3 milhões de euros por 50% dos direitos de Manoel. São Paulo e até o Roma (ITA) manifestaram o desejo de contar com o zagueiro. No entanto, os celestes garantiram aos dirigentes do time paranaense que cobririam qualquer proposta.

Na parte da tarde, Cirne e Mattos foram vistos juntos em um restaurante na proximidades da Toca II.

A reportagem tentou, por quatro vezes, contato com o presidente do Atlético-PR, Mauro Celso Petraglia. No entanto, com a "costumeira educação", o dirigente do Furacão, ao tomar ciência de quem falava com ele, simplesmente, desligava o telefone.

A assessoria de imprensa do Cruzeiro, inicialmente, diz que não tem conhecimento de conversas entre Cruzeiro, empresários e o próprio Manoel.   

 

Leia tudo sobre: cruzeiroraposamanoelatlético-prfuracão