Idoso desconfia de paternidade, assassina a ex-mulher e acaba preso

Crime aconteceu em zona rural de Araçuaí, mesmo separado, assassino confesso tinha ciúmes da vítima, que foi morta na frente da filha

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um trabalhador rural de 77 anos foi preso, nessa quinta-feira (29), na zona rural de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, após esfaquear e matar a ex-companheira. O motivo do crime foi a desconfiança da paternidade de uma das filhas.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, José Ferreira dos Santos foi localizado próximo a um bar do Povoado Gravatá de Cima. Ele não resistiu à prisão e ainda confessou o crime, que aconteceu na última quarta-feira (28). Lionora Gonçalves dos Santos, de 70 anos, conversava com a filha na cozinha de casa quando o suspeito chegou e eles iniciaram uma discussão.

Mesmo separado, o idoso tinha ciúmes da dona de casa e chegou a desconfiar que uma das filhas seria o fruto de um relacionamento extraconjugal. No meio da briga, Santos pegou uma faca e atingiu o lado esquerdo do peito da vítima, que morreu na hora.

Após ser localizado nessa quinta, o assassino confesso foi encaminhado à Delegacia de Pedra Azul, na mesma região.

A reportagem de O TEMPO fez contato com os familiares do suspeito e da vítima, mas eles não quiseram comentar o caso.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave