Equipe espera se aproveitar de mau momento de rivais

Náutico e Portuguesa fazem campanhas irregulares e brigam contra o risco do rebaixamento

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

Objetivo. América quer conquistar seis pontos nas próximas duas partidas para se manter no G-4
DENILTON DIAS / O TEMPO
Objetivo. América quer conquistar seis pontos nas próximas duas partidas para se manter no G-4

O América espera se aproveitar da oportunidade de enfrentar dois times que não estão bem na tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro para se firmar na liderança da competição antes da parada para a Copa do Mundo. Neste sábado, contra o Náutico, no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé, e na próxima terça-feira, diante da Portuguesa, no Estádio do Canindé, em São Paulo, o objetivo do alviverde é ter um aproveitamento de 100% para depois trabalhar com tranquilidade até a retomada do Brasileirão.

Primeiro clube fora da zona de rebaixamento, o Náutico atuou quatro vezes como visitante. Foram dois empates (com Bragantino e Ceará) e duas derrotas (para Joinville e Paraná). Os pernambucanos conquistaram oito pontos em oito jogos, com duas vitórias, dois empates e três derrotas. Já a Portuguesa realizou quatro partidas como mandante, com uma vitória (sobre o Atlético-GO), um empate (com o Santa Cruz) e duas derrotas (para América-RN e Sampaio Correa). Com apenas cinco pontos conquistados, a Lusa é a 19ª colocada, com uma vitória, dois empates e cinco derrotas.

Apesar da derrota de 3 a 0 para o Atlético-GO na rodada passada, resultado que acabou com a invencibilidade de sete jogos do clube na Série B, a campanha do América na competição credencia o time como favorito para vencer os dois próximos jogos. Jogando como mandante, o Coelho venceu Ceará, Vila Nova-GO e Joinville. Longe de sua torcida, o alviverde venceu Boa Esporte e Bragantino, empatou com Vasco e Santa Cruz e perdeu para o Atlético-GO.

Retrospecto. Para conseguir os seis pontos, o América terá que melhorar seu retrospecto nos confrontos contra Náutico e Portuguesa. Foram 16 partidas contra os pernambucanos, com cinco vitórias, nove derrotas e dois empates. A Lusa também leva vantagem sobre o Coelho. Os clubes se enfrentaram 15 vezes, com sete vitórias dos paulistas, quatro do América e ainda foram registrados quatro empates.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave