Frequência de casos cresce, diz sindicato

iG Minas Gerais | Luiza Muzzi |

Os casos de agressões a professores têm aumentado em Minas, segundo o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE-MG). “Os relatos estão aumentando muito nos últimos dois anos, por isso a política preventiva, bem como um protocolo de atendimento, passou a fazer parte das nossas reivindicações”, diz a coordenadora do Sind-UTE-MG, Beatriz Cerqueira. A entidade, no entanto, não tem dados específicos sobre os casos.  

Santa Luzia. Em Santa Luzia, na região metropolitana, as aulas da Escola Estadual José Maria Bicalho voltaram ao normal ontem, segundo a Secretaria de Estado de Educação. As atividades tinham sido suspensas por causa da violência, conforme mostrou O TEMPO ontem.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave