PSDB interpela PMDB no STF

iG Minas Gerais |

Acusação contra o PSDB não foi tratada por Temer e os mineiros
DENNY CESARE
Acusação contra o PSDB não foi tratada por Temer e os mineiros

Brasília. O PSDB mineiro entrou nessa quinta com pedido de interpelação judicial no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente do PMDB mineiro, Antônio Andrade. A notificação criminal é a resposta do PSDB às declarações de Andrade, que acusou os tucanos de oferecerem R$ 20 milhões ao PMDB em troca de apoio na disputa ao governo.  

Marcus Pestana, presidente do PSDB em Minas, negou a suposta oferta e se disse “indignado com a fantasia”. O pedido é uma espécie de prévia de ação penal. Caso o STF aceite o pleito, Andrade terá que explicar as declarações. Se o PSDB não se der por satisfeito com a possível resposta, deverá processar o deputado.

Nessa quinta, o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), afirmou que desconhece a denúncia. Ele afirmou que tomou conhecimento da história pela imprensa. “Li nos jornais, mas não tenho a menor notícia desse fato”, declarou ele, que é presidente de honra do PMDB nacional. Temer disse que não havia conversado sobre o assunto com os dirigentes do partido em Minas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave