Atento a novos talentos

iG Minas Gerais | LUCAS SIMÕES |

Juventude. Em 1 hora e 40 minutos de show, Ney Matogrosso vibra com canções de jovens artistas
cristina granato/divlugação
Juventude. Em 1 hora e 40 minutos de show, Ney Matogrosso vibra com canções de jovens artistas

Quando estreou a turnê “Atento aos Sinais”, em março do ano passado, Ney Matogrosso não se preocupou com o rótulo de irregular que seu trabalho poderia sofrer ao unir jovens compositores a antigos parceiros da MPB num mesmo disco. Depois de ser visto por 200 mil pessoas e ser aclamado com releituras de Crioulo a Paulinho da Viola, ele retorna à Belo Horizonte neste fim de semana para mais três apresentações hoje, amanhã e domingo, no Grande Teatro do Palácio das Artes.

Aos 72 anos, em um figurino exuberante e uma voz afiadíssima, o cantor dedica a maior parte do repertório a canções de jovens compositores. Aí “Atento aos Sinais” sugere um artista realmente ligado em sonoridades tão particulares, que não merecem grandes invenções em suas releituras. Tanto é que a maioria das músicas, como “Freguês da Meia-Noite”, de Criolo, e “Oração”, de Dani Black, recebeu a voz de Ney Matogrosso sem alterações melódicas das versões originais.

Mesmo criticado pela falta de sucessos no show– de hit mesmo só “Vida Louca Vida”, de Lobão e Bernardo Vilhena –, Ney Matogrosso conserva parcerias antigas com Lenine e Arnaldo Antunes (“Rua da Passagem”), Pedro Luís (“Incêndio”), Itamar Assumpção (“Fico Louco”) e Paulinho da Viola (“Roendo as Unhas”).

Com direção musical deSacha Amback, o cantor se apresenta com um macacão preto e prata brilhante, que ainda leva um acessório egípcio na cabeça criado pelo estilista Ocimar Veloso.

No palco, o cantor mantém o mesmo charme místico adquirido na fonte inevitável do Secos & Molhados, transbordando um arsenal de olhares, caras e bocas, além de movimentos sutis de braços, pernas e quadris que fazem do seu show um verdadeiro balé da MPB.

Agenda

O quê. Show Ney Matogrosso – “Atento Aos Sinais”

Onde. Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1537, centro).

Quando. Hoje e amanhã, às 21h, e no domingo, às 19h.

Quanto. As entradas inteiras variam de R$ 120 a R$ 200, mas não há mais ingressos para os shows deste fim de semana.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave