Chefe da Mercedes vê disputa 'normal' entre pilotos

Clima ficou quente entre os dois pilotos da Mercedes após a realização do GP de Mônaco no último domingo, e chefe da equipe bota panos quentes na situação

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Os pilotos da Mercedes estão travando uma batalha à parte nessa temporada
Lewis Hamilton Oficial/reprodução
Os pilotos da Mercedes estão travando uma batalha à parte nessa temporada

Apesar da crescente rivalidade entre o inglês Lewis Hamilton e o alemão Nico Rosberg, que duelam pela liderança da Fórmula 1 a cada etapa da temporada, o diretor executivo da equipe, Toto Wolff, vê uma disputa normal entre seus comandados.

O clima entre os dois pilotos começou a deteriorar no treino do último sábado, quando o alemão abandonou a sessão mais cedo, a poucos segundos do fim, e acabou impedindo que o inglês finalizasse sua melhor volta. Rosberg era então o mais rápido e estava perto da pole position. Mas Hamilton fazia volta melhor e tinha boa chance de ficar com o primeiro lugar no grid.

Rosberg chegou a ser investigado, por ter feito a parada supostamente de forma proposital, mas não foi punido. Hamilton evitou polemizar, sem esconder, porém, a desconfiança com a manobra do companheiro. No fim da corrida, no domingo, o inglês sugeriu que a Mercedes teria favorecido o alemão, que, com a vitória em Mônaco, retomou a liderança do campeonato.

"É uma relação intensa, mas a intensidade é normal", afirmou Toto Wolff, ao comentar sobre a rivalidade entre seus dois pilotos. "Temos vistos muitos comentários sobre a relação deles, mas isso não é decisivo para o sucesso da campanha."

O dirigente lembrou que a disputa entre os dois nas pistas está liberada, mas só fez um alerta: é preciso evitar acidentes. "A filosofia de corrida da Mercedes é deixar nossos pilotos competirem. Deixamos nossos rapazes brincar com seus brinquedos, desde que eles não quebrem eles", avisou Toto Wolff.

Com um carro muito superior aos demais integrantes do grid da Fórmula 1, a Mercedes dominou completamente as seis etapas já disputadas na temporada. Rosberg lidera o campeonato com 122 pontos, depois de somar duas vitórias e ser segundo colocado quatro vezes. E Hamilton vem logo atrás, com 118 pontos, após ganhar as outras quatro provas realizadas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave