Nesta sexta-feira, a Massa comemora o dia de 'São Victor'

Lance mais importante do Atlético na conquista da Libertadores foi protagonizado pelo goleiro alvinegro diante de Riascos, do Tijuana-MEX

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

JOAO GODINHO/ O TEMPO
"São Victor" recebe prêmio de melhor jogador da final da Libertadores 2013
Dia 30 de maio de 2013. O Independência foi palco de um momento épico. Foi nesse estádio que a Massa testemunhou um milagre protagonizado pelo goleiro Victor. Aos 48 min do segundo tempo, o arqueiro defendeu a penalidade de Riascos, do Tijuana, pelas quartas de final da Libertadores, mantendo vivo o sonho da conquista do torneio, concretizado em julho.

Nesta sexta-feira, um ano depois, a torcida alvinegra comemora o dia de ‘São Victor’, agradecendo por todos os seus milagres e torcendo bastante para o ‘santo’ na seleção brasileira, durante a Copa do Mundo.

Para recordar aquele momento marcante e tandos outros, o Super FC entrevistou o goleiro Victor, que classifica a defesa como a mais importante de sua carreira.

“Foi um lance marcante. O lance que mais marcou minha carreira. Onde quer que eu vá, todo mundo fala que aquele pênalti que eu defendi com o pé foi o início da trajetória do Atlético para ser campeão da Libertadores”, disse.

Por conta daquela defesa incrível e tantas outras, a Massa colocou Victor no status de santo.

“É legal ser colocado desta forma pelo torcedor e pela imprensa de uma forma geral. Só que isso aumenta a responsabilidade. Claro que foi um lance histórico dentro do clube. Mas eu acredito no trabalho e na preparação. Sei que foi um lance totalmente atípico, que você não treina para fazer uma defesa com os pés. É um lance de improvisação, de reação mesmo. E quando você é visto como um santo pelo torcedor, a responsabilidade aumenta. E isso faz com que você trabalhe cada dia mais para manter o alto nível e fazer valer esse apelido”, afirmou.

A entrevista completa será divulgada nesta sexta-feira no SuperFC e na TV O Tempo. E confira também um material especial para colecionador nas edições de O Tempo e Super Notícia.

Leia tudo sobre: VictorAtléticoSão VictorFutebolEsportesdefesaTijuana