Renascença perde por 1 a 0 e adia o sonho do bi

Time da Colônia Santa Izabel, apesar de ter dominado o Brumadinho na maior parte do jogo, levou um gol no segundo tempo e teve que se contentar com o posto de vice

iG Minas Gerais | Evandro Teles |

Jogadores do Renascença jogaram mais do que o Brumadinho, mas acabaram derrotados por 1 a 0 e adiaram o sonho do bi
Laerte Amali
Jogadores do Renascença jogaram mais do que o Brumadinho, mas acabaram derrotados por 1 a 0 e adiaram o sonho do bi

A torcida do Renascença marcou presença no campo do Santa Cruz, em Belo Horizonte, na noite dessa terça-feira (27), mas não conseguiu levar o time da Colônia Santa Izabel ao bicampeonato do Torneio Corujão de Futebol, organizado pela TV Globo Minas. Apesar de ter dominado a maior parte do jogo, a equipe betinense acabou derrotada por 1 a 0 para o Brumadinho.

O gol de Negão no segundo tempo garantiu o bicampeonato do Brumadinho e adiou o sonho do Renascença de conquistar o torneio pela segunda vez, já que o time betinense levantou a taça em 2012.

Não faltaram vontade e disposição aos jogadores do Renascença, mas a bola teimou em não entrar na meta adversária. “O time de Betim jogou muito bem, mas não conseguiu converter a sua superioridade em gol. Teve um lance em que a bola bateu na trave, mas caprichosamente não entrou. Não era a noite do Renascença”, avalia o diretor da Liga de Desportos de Betim (LDB), Henrique Carvalho, que prestigiou a decisão.

Resta ao time da Colônia Santa Izabel agora concentrar-se para o difícil Campeonato Betinense da Série A, que, segundo Carvalho, deve começar no dia 15 de junho. “A tabela de jogos deve ser divulgada nos próximos dias”, confirma. Eleito o artilheiro do 11° Torneio Corujão, com quatro gols, o atacante do Renascença, Luiz Carlos, lamentou a derrota do Renascença.

“Lutamos muito pelo bicampeonato, mas o nosso sonho foi adiado. Estou feliz por contribuir com a equipe e por ter sido eleito o artilheir do torneio. Agora é pensar nas próximas competições”, completa o atacante.

Segundo o dirigente da LDB, a organizadora do torneio errou ao escolher o campo do Santa Cruz para a final. “A iluminação fraca, terreno desnivelado contendo terra, grama e muita areia atrapalharam o desempenho das duas equipes”, avalia. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave