Brasil perde para Rússia, mas garante presença nas semis de Montreux

Equipe de José Roberto Guimarães precisava vencer dois sets para se classificar; depois de perder duas primeiras etapas, time buscou o empate antes de ser derrotado

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Brasil mostrou poder de recuperação após perder os dois primeiros sets
LUCAS VUITEL
Brasil mostrou poder de recuperação após perder os dois primeiros sets

Precisando vencer apenas dois sets para confirmar sua classificação para as semifinais do Torneio de Montreux, na Suíça, a seleção brasileira feminina de vôlei tinha um adversário indigesto pela frente no último jogo da primeira fase: a Rússia.

O time de José Roberto Guimarães corria risco de ficar de fora caso não jogasse o que era esperado. Uma derrota em jogo de até quatro sets e uma combinação de resultados poderia fazer a equipe ser desclassificada, mesmo após vitórias nos dois primeiros jogos sobre Suíça (3 a 0) e China (3 a 2).

E a eliminação mostrou que poderia aparecer, após o time perder os dois primeiros sets. Mas a recuperação foi buscada nas etapas seguintes com um empate que garantiu presença da equipe entre as quatro melhores. Querendo manter a invencibilidade, as meninas lutaram no tie-break, mas a vitória foi mesmo europeia por 3 a 2 (35/33, 25/20, 26/28, 20/25 e 15/11). Assim como as brasileiras, que não contam com as centrais Thaisa e Fabiana, a líbero Fabi e a oposto Sheilla, a Rússia também tem desfalques para o torneio, como Sokolova e Gamova.

A nota triste do jogo ficou por conta da lesão da oposto Tandara, no quarto set. Após um ataque, ela pisou no pé de uma adversário e torceu o tornozelo, tendo que ser substituída por Monique. Sua presença na sequência da competição não é certa e o time pode sentir sua falta. Tandara, que começou o torneio na reserva, mostrou seu potencial no jogo contra as chineses e ganhou chance como titular diante das russas.

Para saber a posição no grupo, o Brasil precisa aguardar os jogos da chave, nesta sexta. As semifinais estão marcadas para sábado. No outro grupo, estão EUA, Alemanha, Japão e República Dominicana. O primeiro de um grupo encara o segundo do outro. O Torneio de Montreux serve de preparação para o Grand Prix e também para o Mundial, principais compromissos do Brasil na temporada.