Após protesto de professores, aulas voltam ao normal em Santa Luzia

Segundo Secretaria de Estado de Educação decisão foi tomada após contato com a direção; atividades haviam sido suspensas por três dias

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um dia após suspender as aulas do período da tarde por causa da violência, funcionários da Escola Estadual José Maria Bicalho, em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, voltam com as atividades normais. A informação foi confirmada no fim da manhã desta quinta-feira (29) pela Secretaria de Estado de Educação.

Em comunicado enviado à imprensa, a secretaria informou que uma equipe da Superintendência Regional de Ensino (SRE) Metropolitana C, que coordena a escola, fez uma reunião com a direção da instituição.

Além disso, a nota informou que pais e responsáveis pelos alunos da escola serão convocados para uma reunião e serão desenvolvidas ações pedagógicas.

A reportagem de O TEMPO tentou contato na escola, mas foi informada que a reunião não havia acabado.

Entenda

Nessa quarta-feira (28), os funcionários da escola resolveram suspender as aulas por causa da violência na escola, que fica no bairro Frimisa. Professores denunciaram furtos de materiais pedagógicos, ameaças aos educadores e brigas entre estudantes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave