Festa de universitários de direito da PUC vira caso de polícia em BH

Segundo a polícia, alunos do 1º período disseram que estudantes do 10º estariam atrapalhando as aulas com o evento; um dos envolvidos na confusão é policial civil

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um evento organizado por universitários para comemorar a conclusão do curso de direito terminou em caso de polícia após alguns participantes da festa se desentenderem com alunos do 1º período do mesmo curso. O caso aconteceu na noite dessa quarta-feira (28) na  Pontifícia Universidade Católica (PUC) do bairro São Gabriel, na região Nordeste de Belo Horizonte.

Um dos estudantes que presenciou o caso contou à reportagem de O TEMPO que os alunos do 10º período, entre eles um policial civil, comemoravam  a formatura no Campus quando um dos universitários do começo do curso reclamou da bagunça. Nesse momento, uma discussão começou entre ele e o policial.

A Polícia Militar foi acionada e registrou o boletim de ocorrência, onde o jovem que reclamou contou que os outros alunos estavam batendo nas portas e atrapalhando as aulas.

Ainda segundo a corporação, militares receberam a notícia que um dos envolvidos estaria armado, mas a informação não foi confirmada. A confusão foi controlada pelos próprios estudantes e ninguém foi encaminhado à delegacia.

A reportagem tentou contato com a coordenadora do curso, Maria Emilia Naves Nunes, que, de acordo com a polícia, teria acompanhado o registro da ocorrência, mas as ligações para os números de telefones que constam na página do curso não foram atendidas. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave