Marcelo lamenta derrota, mas quer se manter líder na parada da Copa

Revés diante do Corinthians servirá de motivação para Cruzeiro buscar vitória diante do Flamengo, em Uberlândia

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A derrota por 1 a 0 do Cruzeiro diante do Corinthians, na noite da última quarta-feira, foi sentida pelos jogadores e comissão técnica da Raposa. Apesar das lamentações pelo revés, o time celeste se manteve na liderança isolada do Campeonato Brasileiro, beneficiando-se da queda do Fluminense para o arquirrival Atlético, por 2 a 0.

Para o técnico Marcelo Oliveira, pelo volume de jogo do Cruzeiro na partida, o resultado mais justo seria a igualdade. "O jogo estava se caminhando para o empate. Não que os times estivessem jogando para isso, pois ambos saíram para o jogo, marcaram muito, fechadas, mas buscando o jogo. Seria mais justo. No entanto, teve o mérito do Corinthians. Ganha quem faz o gol, a essência do esporte", afirmou o treinador.

Oliveira lamentou o fato de o Cruzeiro sofrer um gol "improvável", mas saiu em defesa de Fábio. 

"Não vejo como falha. Saiu o gol em uma situação bastante improvável de acontecer com o Cruzeiro, muito pela situação do campo. Perder, ganhar ou empatar com o Corinthians é normal, agora temos que ganhar em casa no segundo turno, é muito importante", avaliou. 

Leia tudo sobre: cruzeiroraposamarcelo oliveira