A vazão dos instintos

iG Minas Gerais | Vinícius Lacerda |

Detalhes. Nova exposição de Ângela Geo é composta por painéis feitos com bico de pena e nanquim
Patrice Thomaz / DIVULGAÇÃO
Detalhes. Nova exposição de Ângela Geo é composta por painéis feitos com bico de pena e nanquim

Seja com desenhos, pinturas ou joias, a artista mineira Ângela Geo vem, desde a década de 1980, apresentando trabalhos versáteis na área das artes plásticas. Dando continuidade a essa idiossincrasia, ela inaugura a exposição “Memes”, hoje, no Museu Inimá de Paula, que segue aberta para visitação até o dia 21 de julho.

Na mostra, Angela apresenta 25 obras inéditas entre painéis, instalação, vídeo-documental, todas concebidas sob o prisma do abstracionismo. “Concebi essas obras pensando nos instintos mais primários do ser humano, aqueles que nos estimulam a nos entregar às paixões. Tudo isso sob uma perspectiva filosófica”, ressalta a artista.

Os quadros são as principais obras tradutoras da ideia seminal da exposição. Telas de até três metros são a base de minuciosas imagens desenhadas, prioritariamente, com bico de pena e nanquim. “São muito delicadas, feitas para se olhar de perto, pois quanto mais o espectador se aproxima melhor ele pode ver os detalhes que exibem as nuances”, diz Angela.

Faz parte da exposição a seção “Faça um Laço entre Nós” onde o público poderá interagir, dando ou desfazendo nós de cordas sobre uma mesa, além de um diário que receberá registros aleatórios dos visitantes. “Acho que o artista nunca cria sozinho, ele precisa do outro para dar vida à arte. As pessoas poderão interferir na minha obra e, assim, apresentar uma visão diferente daquilo que tinha enxergado inicialmente”, diz.

Completa a exposição um vídeo-instalação roteirizado, dirigido e gravado pelo artista visual Patrice Thomaz. De caráter documental, o vídeo trata das pesquisas da artista para a concepção da exposição, trabalho que durou setes anos para ser finalizado.

Agenda

O quê. Exposição “Memes”, de Ângela Geo

Quando. De hoje até 21 de julho. Horário de visitação: terça, quarta, sexta e sábado, das 10h às 19h; quinta; das 12h às 21h e no domingo, das 12h às 19h

Onde. Museu Inimá de Paula (rua da Bahia, 1.201, centro)

Quando. Entrada gratuita

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave