Médico minimiza risco de cortes na seleção brasileira

Segundo José Luiz Runco, todos os atletas se apresentaram clinicamente muito bem; entre eles Neymar, Oscar, Maicon e Jô - preocupações de Felipão

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

José Luiz Runco tranquilizou brasileiros quanto à condição física dos atletas da seleção
Gaspar Nóbrega/VIPCOMM
José Luiz Runco tranquilizou brasileiros quanto à condição física dos atletas da seleção

Em todas as Copas do Mundo, as seleções vêm sofrendo com inúmeros poblemas de lesões. Com o escrete canarinho, a situação também não é diferente. Os últimos mundias provaram isto. No entanto, para o torneio deste ano, a comissão técnica brasileira parece estar bem tranquila quanto ao fato. 

De acordo com o médico da seleção, José Luiz Runco, nenhum atleta corre risco de corte, entre eles Neymar, Oscar, Maicon e Jô. Estes últimos conseguiram superar os problemas físicos e se encontram aptos para defender o Brasil na Copa.

"No momento todos se encontram em perfeitas condições, logicamente com algumas análises individuais", declarou.

"Todos estão presentes e nenhum em vias de corte", completou Runco.

Com um estiramento no ligamento colateral medial do joelho direito, o atacante era um dos problemas de Felipão para a Copa. O treinador chegou a contactar o atleta para saber de sua condição física. Agora, sem maiores preocupações, o comandante da seleção brasileira poderá escalar força máxima no amistoso contra o Panamá, no dia 3, em Goiânia. 

"Eles se apresentaram clinicamente muito bem. Se alguém ficar fora do amistoso, vocês ficarão sabendo. Se ficar fora do amistoso, é porque o jogador estará fazendo algum trabalho especifico de recuperação", concluiu Runco.