Djokovic vence francês e avança em Roland Garros

Atual número dois do mundo derrotou nesta quarta-feira o francês Jeremy Chardy por 3 sets a 0

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Djoko sonha com mais um título nesta temporada
ELISE AMENDOLA/ASSOCIATED PRESS
Djoko sonha com mais um título nesta temporada

Buscando embalo no saibro de Paris, Novak Djokovic faturou mais uma vitória sem contratempos em Roland Garros. O sérvio, atual número dois do mundo, derrotou nesta quarta-feira o francês Jeremy Chardy por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/4 e 6/2, em 1h32min de confronto.

Apesar do tempo instável, Djokovic desta vez não teve problemas em quadra. O mau tempo, que atrapalhara em sua estreia, só causou um pouco de vento, mas não chegou a interromper o duelo. Assim, o sérvio impôs seu domínio na linha de base, exibindo seu grande preparo físico e botando Chardy para correr no fundo.

Com regularidade, Djokovic sempre esteve à frente do placar e não chegou a ser ameaçado pelo rival. No set inicial, faturou a primeira quebra de saque no quarto game, fazendo 3/1 e encaminhando a parcial com nova quebra. No segundo, quebrou no terceiro game e abriu vantagem para vencer novamente.

Somente na terceira parcial Chardy ensaiou uma rápida resistência. Depois que Djokovic quebrou no game inicial, o francês empatou, mas não foi além. O sérvio obteve nova quebra de saque encaminhou a vitória, na qual cometeu apenas 16 erros não forçados, contra 35 do adversário, e cravou 31 bolas vencedoras, diante das 19 de Chardy.

Na terceira rodada, Djokovic vai encarar o vencedor do duelo entre o croata Marin Cilic e o alemão Tobias Kamke. Em busca do primeiro título em Roland Garros, único Grand Slam que ainda não conquistou, o sérvio é considerado a maior ameaça a Rafael Nadal que sonha com o nono troféu em Paris.

Ainda nesta quarta, dois cabeças de chave se despediram de Roland Garros, ambos pela segunda rodada: o russo Mikhail Youzhny e o ucraniano Alexandr Dolgopolov. O tenista da Rússia perdeu do checo Radek Stepanek, por 6/0, 6/3, 3/6 e 6/4, enquanto Dolgopolov foi superado pelo espanhol Marcel Granollers em cinco sets - 1/6, 3/6, 6/3, 6/0 e 6/2.

Já os cabeças Dmitry Tursunov, da Rússia, o espanhol Roberto Bautista, o letão Ernests Gulbis e o local Gilles Simon venceram suas partidas e foram à terceira rodada. Ainda pela abertura, o americano Steve Johnson superou o local Laurent Lokoli.

Leia tudo sobre: djokovictênisroland garrosvitória