Últimas vítimas de taxista são ouvidas nesta quarta-feira

Elas são as únicas que faltavam para reconhecerem o suspeito, em um total de 18 mulheres; o taxista confessou os crimes e pediu desculpas a mulher e ao filho de 13 anos

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Cidades - Belo Horizonte - MG
Taxista suspeito de estuprar pelo menos 17 mulheres

Na foto: Isnard Martins Vieira

FOTO: FERNANDA CARVALHO / O TEMPO - 26.05.2014
FERNANDA CARVALHO / O TEMPO
Cidades - Belo Horizonte - MG Taxista suspeito de estuprar pelo menos 17 mulheres Na foto: Isnard Martins Vieira FOTO: FERNANDA CARVALHO / O TEMPO - 26.05.2014

As últimas vítimas do taxistas Ismard Martins Vieira, 39, suspeito de estuprar 18 mulheres em Belo Horizonte, serão ouvidas nesta quarta-feira (28). São pelo menos 18 vítimas já confirmadas pela Polícia Civil, das quais, faltavam apenas cinco para reconhecerem o homem e darem seus depoimentos.

As cinco mulheres já foram intimidas a comparecer na delegacia, onde falarão com a delegada Andréa Aparecida Alves da Cunha, responsável pelo caso. Na manhã desta quarta, duas dessas vítimas já estão na delegacia para serem ouvidas.

O taxista foi preso nessa segunda-feira (28), na casa dele, no bairro Piratininga, em Venda Nova. Ele estava sendo investigado há três anos e, segundo a Polícia Civil, abordava as mulheres dizendo que elas estavam sendo seguidas e oferecia uma carona. Quando elas se recusavam a entrar no carro, ele as ameaça dizendo que estava armado.

O suspeito, que é casado e tem um filho de 13 anos, confessou os crimes. Ele deve ficar em prisão temporária por 30 dias e depois será transferido para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave