Meia é processado por empresário

iG Minas Gerais |

Além de focar suas atenções na Copa do Mundo, o atacante Bernard terá que se preocupar com a Justiça. O jogador foi processado pelo empresário Rubens Martins Silva, que alega ter direito a 5% da venda do meia para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O empresário, que também é amigo da família, afirma que tem um acordo verbal com o pai do atleta.

“O Délio (pai do Bernard) falou que os meus 5% estavam com ele. Me disseram que o meu nome não poderia constar no contrato porque eu não era um agente Fifa”, declarou.

Silva conta que chegou a receber R$ 200 mil, há alguns anos. Porém, a verba teria sido uma compensação pelos serviços prestados. Em entrevista à TV Record, o empresário apresentou uma conversa gravada, entre ele e o pai de Bernard, em que Délio confirma a versão dada por Silva. Caso a Justiça reconheça a alegação, o empresário receberá algo em torno de R$ 3 milhões. (BT)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave