Galo se apega ao retrospecto

Outro fator positivo é o incentivo da torcida do Vale Aço, que deve encher o Ipatingão

iG Minas Gerais | Bruno Trindade |

Em casa. Após empate sem gols, jogadores do Atlético contam com o apoio da torcida para vencer o Fluminense, hoje, em Ipatinga
Araceli Souza / Clube Atletico M
Em casa. Após empate sem gols, jogadores do Atlético contam com o apoio da torcida para vencer o Fluminense, hoje, em Ipatinga

O momento vivido atualmente pelo Atlético segue cheio de obstáculos. Ausência de jogadores por lesão ou por estarem servindo à seleção brasileira, proibição de jogar no Independência, falta de reforços e baixa qualidade no futebol dentro de campo. Com tantas dificuldades, o Galo buscará importantes aliados para a partida de hoje contra o Fluminense, às 22h, no Ipatingão, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

O time vai se apegar ao retrospecto para voltar a vencer na disputa nacional. Nos últimos três anos, o alvinegro se mantém invicto contra o tricolor carioca. Foram seis partidas, todas pelo Brasileirão, com três vitórias e três empates. Os mineiros marcaram dez vezes, e o time das Laranjeiras, seis (veja arte abaixo).

Outra força extracampo que pode ajudar o Atlético é o bom histórico no Ipatingão e apoio da torcida. No estádio, o clube mineiro já atuou 34 vezes, com 17 vitórias, nove empates e oito derrotas. Muito desse desempenho é resultado da força da Massa alvinegra no Vale do Aço. Sempre que atua no estádio, os atleticanos marcam presença.

No treino desta terça-feira, o último antes da partida, mais de 3.000 torcedores estiveram nas arquibancadas. Com o acesso ao treino trocado por 1 kg de alimento não perecível, o clube conseguiu arrecadar cerca de cinco toneladas de alimentos, que serão doadas para 40 instituições carentes da cidade.

Assim como foi contra o Criciúma, a torcida do Galo promete lotar as arquibancadas para que o Atlético mantenha o tabu contra o Flu e conquiste mais uma vitória na competição. Jogadores e comissão técnica prometem muito empenho para retribuir o carinho. “Impressionantes o assédio dos torcedores no hotel e a presença da torcida no estádio. A gente espera retribuir todo esse carinho com uma grande vitória amanhã (hoje)”, declarou o técnico Levir Culpi.

O treinador confirmou algumas mudanças no time. Pierre volta à equipe no lugar de Josué, e Edcarlos entra na vaga do lesionado Réver. O comandante alvinegro comemorou o fato de poder manter a mesma base dos últimos jogos. “Nos jogos que fiz (à frente da equipe), pela primeira vez vai dar pra repetir. Se você repete nove, dez jogadores, a possibilidade de vencer é muito maior”, disse.

Levir lembrou os bons resultados obtidos pelo Galo, porém ele sabe que a equipe precisa melhorar. “Não estamos jogando bem e estamos conseguindo bons resultados. Mas temos que melhorar muito”, concluiu.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave