Avacoelhada

iG Minas Gerais |

O principal objetivo das categorias de base é a qualificação do atleta em formação. Ainda assim, o processo de desenvolvimento precisa continuar na equipe principal. Embora o Coelhãozinho tenha terminado em primeiro lugar geral na fase inicial do Mineiro Sub-20, o mais importante é a possibilidade de promover jogadores para serem trabalhados no profissional. São vários atletas promissores com grandes possibilidades de promoção. Entre eles, Hugo, Glauco, Danylo, Marcelinho, Kevin, Messias, Williams, Paulinho, Christian, Renato, Renatinho, Patrick, Xavier e Sávio. Revelar, a base continua revelando. O grande problema é que o departamento profissional ainda não está preparado para aproveitar e dar sequencia ao aprimoramento contínuo dos pratas da casa. Caravana da Avacoelhada para América e Náutico em Muriaé. Contatos Saraiva 8857-5576.

A voz da Massa

Saudações alvinegras! Galo x CBFlu. Nos últimos tempos, a rivalidade vem aumentando cada vez mais nesse clássico brasileiro, não só na disputa da bola em campo, mas também pela notória e costumeira “ajudinha” que os homens do apito costumam dar ao time carioca. Será que hoje vai ter jogo limpo? Levir continua quebrando a cabeça para montar o time. Dessa vez, ele tem Pierre, mas, por outro lado, perdeu o capitão Réver. Mesmo com tantos desfalques, Levir tem boas opções para a equipe. Um exemplo: entrar com Dátolo na lateral esquerda no lugar de Emerson Conceição; escalar o meio de campo com Pierre, Leandro Donizete, Guilherme e Tardelli; e na frente Marion e André. Penso que, neste momento, essa seja a melhor opção para Levir, embora não seja do seu estilo improvisar jogadores. Mas, independente de quem entre, o objetivo é vencer e entrar no G-4. Pra cima deles, Galo!

A voz Celeste

Hoje o maior de Minas entra em campo para jogar contra o Corinthians e, certamente, contra o árbitro e os seus auxiliares. Vamos ver em campo duas equipes opostas neste Brasileirão. De um lado o Cruzeiro, que é o clube mais prejudicado pela arbitragem. E do outro lado o Corinthians, que sem dúvida é o clube mais beneficiado pela arbitragem no Brasileiro. Portanto, os guerreiros precisam ter calma e apresentar o futebol que mostraram no segundo tempo do jogo contra o Internacional. Tenho uma tese de que, se formos superiores, nem os árbitros conseguem tirar a nossa vitória. Não tenho medo de falar que somos favoritos contra o Corinthians em qualquer lugar do Brasil. Temos a vantagem do entrosamento. Outro detalhe importante: sem Júlio Baptista, o time tem muito mais velocidade, e é essa velocidade que fez a diferença no ano passado. Vamos rumo ao tetracampeonato.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave