Internado com infecção, Zagallo pode perder a Copa

Tetracampeão está fazendo tratamento com antibióticos para eliminar infecção na coluna; ele não inspira maiores cuidados, apesar da preocupação de amigos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Brazil's former World Cup champion Zagallo, left, kisses the the FIFA World Cup trophy as his fellow World Cup champion winners Marcos, center, and Rivellino stand with him at the opening ceremony of the FIFA WCUP Trophy Tour in Rio de Janeiro, Brazil, Thursday, Sept. 12, 2013. The trophy is set to embark on an extensive journey, covering more than 80 countries, giving the opportunity to millions of fans to enjoy the authentic solid-gold trophy. (AP Photo/Silvia Izquierdo)
Associated Press
Brazil's former World Cup champion Zagallo, left, kisses the the FIFA World Cup trophy as his fellow World Cup champion winners Marcos, center, and Rivellino stand with him at the opening ceremony of the FIFA WCUP Trophy Tour in Rio de Janeiro, Brazil, Thursday, Sept. 12, 2013. The trophy is set to embark on an extensive journey, covering more than 80 countries, giving the opportunity to millions of fans to enjoy the authentic solid-gold trophy. (AP Photo/Silvia Izquierdo)

Dono de quatro títulos mundiais com a seleção brasileira, Mário Jorge Lobo Zagallo está internado no Hospital Barra D'Or, no Rio de Janeiro, com uma infecção na coluna. O ex-jogador e ex-técnico de 82 anos tem previsão de ser liberado em uma semana mas corre o risco de perder os jogos do Brasil na Copa do Mundo.

De acordo com seu filho Mario Zagallo, o tetracampeão está fazendo tratamento com antibióticos para eliminar a infecção por bactéria. Ele está internado no quarto desde segunda-feira e não inspira maiores cuidados, apesar da preocupação de familiares e amigos.

A previsão inicial dos médicos é que Zagallo seja liberado na próxima segunda-feira, dia 2 de junho, a 10 dias do início do Mundial. "Quando tivermos novidades, vamos avisar", declarou o filho do tetracampeão mundial.

Se não se recuperar a tempo, Zagallo poderá ficar fora da partida de abertura do Mundial, entre a seleção brasileira e a Croácia, dia 12, em São Paulo, no Itaquerão. Convidado de honra da CBF, o tetracampeão terá a sua disposição um jatinho para assistir a todos os jogos do Brasil na Copa.

Zagallo participou das duas primeiras conquistas mundiais do Brasil, em 1958 e 1962, como jogador. Em 1970, sagrou-se tricampeão como treinador da seleção. E, em 1994, foi auxiliar-técnico de Carlos Alberto Parreira, atual coordenador técnico do time brasileiro.

Leia tudo sobre: Copa do Mundozagalloseleção brasileira