Marcelo chega à Granja Comary e Felipão se ausenta

Lateral do Real Madrid se apresentou na manhã desta terça-feira; técnico se ausentou para ir ao velório de cunhado em Porto Alegre

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Rafael Ribeiro / CBF
undefined

Mesmo com a ausência de Felipão, que teve de deixar às pressas a Granja Comary por causa do falecimento do seu cunhado, irmão de sua esposa Olga, a seleção brasileira deu início aos primeiros trabalhos de campo nesta terça-feira. Os goleiros Julio Cesar, Jefferson e Victor deixaram a academia para treinar no gramado do CT em Teresópolis. O trio treinou por mais de uma hora no gol bem próximo ao complexo esportivo, do lado oposto de onde ficam os jornalistas. O preparador Carlos Pracidelli comandou a atividade.

Julio Cesar tem a confiança de Felipão e dos companheiros. O goleiro titular do Brasil é um dos mais experientes do grupo e, além de fechar o gol, tem a missão comandar os mais jovens. Ele ainda terá a chance de se redimir do fracasso de quatro anos atrás, na partida contra a Holanda na Copa na África do Sul, quando falhou num dos gols holandeses na derrota que custou a eliminação do time de Dunga da competição.

A desconfiança daquela partida de 2010, aliada a um contrato ruim de trabalho, no time do Toronto FC, coloca o goleiro titular da seleção na mira dos torcedores no Brasil, embora ele tenha feito boa apresentação na Copa das Confederações, no ano passado, quando defendeu até um pênalti na partida diante do Uruguai.

A movimentação dos goleiros na manhã desta terça-feira abre o trabalho de campo da seleção. Já sob o comando de Felipão - que volta à noite para Teresópolis -, o time do Brasil deverá fazer nesta quarta suas primeiras movimentações em campo. O gramado do campo principal foi devidamente aparado para que nada dê errado. A seleção também terá de driblar a neblina do local, que por vezes deixa a Granja Comary nas nuvens e sem visibilidade.

Quem também deu as caras na manhã desta terça-feira em Teresópolis foi o lateral-esquerdo Marcelo, vindo da Espanha, após festejar a conquista da Liga dos Campeões da Europa com o Real Madrid. O jogador, que tinha sido liberado para adiar sua apresentação por causa do título que ganhou no último sábado, chegou por volta das 11h30, já vestiu o uniforme da seleção e se juntou aos companheiros. O Brasil, apesar da ausência sentida de Felipão, está completo.

O primeiro compromisso da seleção antes da Copa será daqui a uma semana, quando o país enfrenta o Panamá, no estádio Serra Dourada. Ainda antes de a bola rolar, o grupo joga contra a Sérvia, no dia 6, no Itaquerão, palco da abertura do Mundial.