Diretoria e Julio Baptista negam negociação com o Santos

Alexandre Mattos desmentiu interesse em troca com o Santos, e meia garantiu: 'Em nenhum momento passa pela minha cabeça deixar o Cruzeiro'

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Julio Baptista comemora o primeiro gol marcado com a camisa celeste
DENILTON DIAS/ O TEMPO
Julio Baptista comemora o primeiro gol marcado com a camisa celeste

Enquanto o Santos está perto de perder Cícero, que já revelou sua insatisfação em permanecer no clube, o Peixe se mantém de olho no mercado, e em um celeste, especialmente. O time paulista estaria interessado em Julio Baptista, experiente jogador que ainda não conquistou a titularidade na Raposa. O problema é que, segundo o diretor de futebol Alexandre Mattos, o líder do Brasileirão não estaria interessado no negócio – e nem o próprio atleta.

Em entrevista recente, Mattos negou que o Cruzeiro tenha oferecido o meia ao Santos, como foi veiculado na última semana, e disse que houve apenas uma conversa entre os empresários. “O Cruzeiro não está negociando com o Cícero, não está envolvendo troca de Júlio Baptista com o Santos, até porque o Cícero pertence a Tombense”, disse à Rádio Itatiaia.

Embora haja um interesse do Santos, na noite da última segunda-feira, La Bestia afirmou durante o programa Bem, Amigos que não tem interesse em deixar a equipe da capital mineira, e que voltou ao Brasil no ano passado justamente porque se interessou pelo projeto criado pelo clube estrelado.

“Desde que saí da Europa para o Brasil, após 11 anos, escolhi o Cruzeiro porque vi um projeto por trás, por ser um time com condições de ser campeão brasileiro, como fomos recentemente, e que tem condição de ser campeão de outros também. Sem desmerecer o Santos, mas em nenhum momento passa pela minha cabeça deixar o Cruzeiro. Meu pensamento é de continuar no Cruzeiro. Queremos buscar títulos como o da Libertadores”, declarou.

Leia tudo sobre: cruzeirosantostrocanegociaçãojulio baptistacícerotombensealexandre mattosbem amigosraposa