Aécio libera Alckmin para se aliar ao PSB

iG Minas Gerais |

São Paulo. Apesar de o acordo de não agressão entre os pré-candidatos Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) ter chegado ao fim antes mesmo do início da campanha eleitoral, o presidenciável tucano deu sinal verde ontem ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, para o PSDB se aliar ao PSB no Estado. Aécio e Alckmin se reuniram por cerca de uma hora na sede do governo paulista para tratar também do apoio de partidos nanicos, como o PMN, à candidatura do senador à Presidência.  

“Eu disse que a decisão que ele tomar será a nossa decisão. Ele tem liberdade para construir a aliança que seja mais confortável para a sua caminhada, porque o fortalecimento do governador Geraldo é o que nos interessa. Ele fortalecido em São Paulo é o PSDB fortalecido no Brasil inteiro”, afirmou Aécio.

Alckmin tenta atrair o PSB para a sua candidatura à reeleição. A ala paulista da sigla é favorável à aliança, mas a vice de Eduardo Campos, Marina Silva, impôs veto ao PSDB em todo o país.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave