O circo nosso do dia a dia

Diretora Rita Clemente estreia novo trabalho, com texto de Lourenço Mutarelli, que discute o fazer artístico

iG Minas Gerais | gustavo rocha |

Condição humana. Espetáculo “O que Você Foi Quando Criança?” levanta questões filosóficas de nossa condição com ironia e sarcasmo
BIANCA AUN
Condição humana. Espetáculo “O que Você Foi Quando Criança?” levanta questões filosóficas de nossa condição com ironia e sarcasmo

O título da peça, por si, já coloca quem o lê para pensar. Há uma clara inversão de lógica no nome “O que Você Foi Quando Criança?”, que estreia hoje no Centro Cultural Banco do Brasil. Com forte teor crítico, a dramaturgia do desenhista e escritor Lourenço Mutarelli propõe uma inversão de olhar. Afinal, a pergunta costuma projetar o futuro dos pequenos e não rever o passado dos adultos. Quem nunca ouviu a clássica “O que vai ser quando crescer?”.

“O autor escreve como se estivesse fazendo um diálogo numa charge. Muitas vezes, as cenas não são interligadas, ele não se preocupa tanto com a coerência, mas sim com a crítica que ele faz. Mas nós estamos interessados em contar algumas histórias – que são as sugeridas por ele, no texto”, destaca Rita Clemente, diretora do espetáculo, que foi contemplado pelo Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz.

O enredo mostra um circo que chega ao fim, e um de seus palhaços segue caminho em busca de emprego. Com isso, novos personagens e situações criam um novo cotidiano, ou “circo”, em um conceito mais figurativo. O enredo se desenvolve em torno de uma reflexão da existência humana, com pinceladas de crítica e sarcasmo. “Vamos, de certa forma, recolhendo e ressignificando aquilo que nos interessa no texto. Tem uma coisa interessante – ele tem rubricas (textos que indicam movimentação dos atores em cena, intenções das falas, cenários, ambientação etc.) incríveis que contextualizam essa perspectiva dos personagens – às vezes, mais fortemente do que nos diálogos dos personagens. O Mutarelli, me parece, quer que seu leitor frua aquilo de uma maneira distanciada”, revela Clemente.

A verve de cartunista do autor do texto fica mais evidente na concepção estética do espetáculo, assinada por Luciana Buarque. “Creio que isso seja mais claro no trabalho da Luciana. É uma marca, uma característica do trabalho dela, essas silhuetas dos personagens. Então, os figurinos trazem essa característica do cartoon muito claramente. Mas no desenvolvimento da cena, nosso trabalho foi outro. Eu admiro muito o trabalho do Mutarelli, mas entendo que o teatro tem outra demanda e eu também”, contemporiza a diretora.

Dramaturgia nacional. O espetáculo “O que Você Foi Quando Criança” é fruto da proximidade de um grupo de alunos formados no curso técnico do Palácio das Artes(Cefar), que trabalharam com Clemente no Oficinão de 2012, com o espetáculo “Delírio e Vertigem” – peça que segue se apresentando, com previsão de temporadas na cidade e no Rio.

A dramaturgia do primeiro espetáculo era de um dos autores mais celebrados da dramaturgia nacional, Jô Bilac, e despertou no coletivo um desejo por conhecer outros autores brasileiros. “Queria contribuir para que eles pudessem dar sequência no trabalho coletivo deles. Eu apresentei o Mutarelli a eles. Eu já conhecia esse texto fazia tempo. Gostava dele, mas nunca havia pensado em leva-lo à cena. Eles gostaram muito e me convidaram. O texto passou a me interessar por essa possibilidade de aprofundamento, de dizer isso que está por de trás da obra. Acredito que nosso trabalho tenha sido voltado para esse preenchimento, que é uma contribuição do teatro para o texto”, destaca a diretora.

Clemente compara as duas peças dirigidas por ela com quase o mesmo grupo de atores e avalia que seja boa essa diversidade de linguagens. “Não sei se foi uma coisa intencional deles, quando pensaram em um novo trabalho, mas é positivo que esses jovens atores tenham essa experiência diversa. Repetir um trabalho com um grupo de artistas é sempre sinal de sintonia. O que mais me interessa em um elenco é a diversidade. Pessoas diferentes trabalhando juntas e, claro, se dando bem”, brinca. [ ]

Agenda

O quê. “O quê Você Foi Quando Era Criança?”

Quando. De hoje a 9 de Junho. De quarta às segundas-feira, às 20h.

Onde. Sala Multiuso do Centro Cultural Banco do Brasil (praça da Liberdade, 450, Funcionários)

Quanto. R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave