Morre em BH psiquiatra membro da Academia de Letras do Brasil

Ao longo da carreira de quase 50 anos, Marco Aurélio Baggio foi agraciado com 35 insígnias e medalhas por mérito cívico, além de ter publicado 19 livros

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Corpo de Marco Aurélio Biaggio será enterrado nesta terça-feira (27)
Reprodução Facebook
Corpo de Marco Aurélio Biaggio será enterrado nesta terça-feira (27)

Morreu nesta segunda-feira (26), em Belo Horizonte, aos 71 anos, o médico psiquiatra, psicanalista e psicoterapeuta Marco Aurélio Baggio. A causa da morte não foi informada.

Ao longo de quase 50 anos de carreira, ele foi agraciado com 35 insígnias e medalhas por mérito cívico, publicou 19 livros e foi empossado membro da Academia de Letras do Brasil. Por oito anos, ele apresentou programas sobre assuntos de sua especialidade na televisão.

Baggio ocupava a cadeira de número 96 da Academia Mineira de Medicina e a cadeira número 10 do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, do qual é presidente emérito. Ocupava, também, a cadeira número 27 da Academia Brasileira de Médicos Escritores (Abrames) e era presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores Regional Minas Gerais.

O velório começou às 17h desta segunda-feira, na Funeral House, na avenida Afonso Pena, 2.158, no bairro Funcionários, em Belo Horizonte. O enterro será nesta terça-feira pela manhã.

Juçara Valverde, presidente da Abrames, chamou o amigo de "encantado" e escreveu em seu Facebook:

"Admiro o escritor Amo o poeta Sou amiga do homem.

Como perder tanto tão rapidamente. Deixas as conversas para depois num outro plano talvez...

Deixa semeado angústias, dúvidas, reflexões que sua inteligência registou em seus muitos livros

Conosco cria moradia a saudade"