Batida fere quatro pessoas na via expressa

Van invadiu a pista e foi atingida por um caminhão-tanque

iG Minas Gerais | EVANDRO TELES |

Caminhão havia fechado uma pista da Via Expressa até o início da noite de ontem
Nelson Batista
Caminhão havia fechado uma pista da Via Expressa até o início da noite de ontem

A perícia do motorista de um caminhão-tanque pode ter evitado uma tragédia na Via Expressa, na altura do bairro Vila Cristina, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, no início da tarde de ontem. Segundo a Polícia Militar, uma van com quatro pessoas, que teria sido fechada por uma picape na marginal da via, invadiu a pista e obrigou o caminhoneiro a frear o veículo bruscamente.

“Se ele não freasse, aconteceria uma tragédia. Mas ele conseguiu evitar a batida de frente; o caminhão atingiu a lateral da van, depois fez um L e tombou na pista. O condutor do veículo menor sofreu uma fratura no tornozelo esquerdo, e os três passageiros, um deles um jovem de 13 anos, sofreram cortes provocados pelos vidros do carro e pancadas pelo corpo. Felizmente, ninguém corre risco de morte”, disse um militar.

Todas as vítimas, cujos nomes não foram divulgados, foram levadas para o Hospital Regional de Betim. O caminhão transportava 40 toneladas de óleo. Segundo a empresa Lwart Lubrificantes, não houve vazamento do produto, apenas de uma pequena quantidade de combustível do tanque do veículo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave