Ex-mais obeso do mundo morre aos 48 anos

De acordo com o Guinness, Manuel Uribe chegou a pesar 597 kg; nos últimos anos, ele se casou e havia conseguido perder mais de 230 kg

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Morreu nesta segunda-feira (26), aos 48 anos, o mexicano Manuel Uribe, que havia sido considerado em 2007 como o homem mais obeso do mundo. De acordo com o livro Guinness dos Recordes, ele havia alcançado os 597 kg.

"As causas preliminares da morte foram arritmia cardíaca e uma descompensação por perda de líquido nas pernas", disse, em nota, o hospital onde Uribe estava internado.

Em repouso no hospital desde o dia 2 de maio, Uribe havia conseguido emagrecer mais 200 kg nos últimos anos. 

Ele chegou a se casar em 2008, onde entrou na cerimônia com a ajuda de um guindaste. 

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave