Policial reformado é morto durante assalto em Montes Claros

Militar escoltava um carro que transportava malotes de um posto de combustíveis quando acabou baleado e morreu

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Um assalto terminou com um cabo reformado da Polícia Militar (PM) morto em Montes Claros, no Norte do Estado, na manhã desta segunda-feira (26). Na hora do crime, Jairo Soares Silva, de 49 anos, escoltava um carro que transportava um malote de um posto de combustíveis, localizado às margens da BR-251, mesma rodovia onde aconteceu o assalto.

Conforme as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o assalto aconteceu por volta das 9h, no momento em que o transporte de cerca de R$ 13 mil era feito por funcionários do posto. O militar, que fazia a segurança do local há cerca de um ano e meio, estava em uma motocicleta escoltando um Gol que levava a quantia.

De repente duas motocicletas emparelharam e efetuaram vários disparos que atingiram o ex-policial, que nem sequer chegou a ser socorrido e morreu ainda na rodovia. Após derrubarem a vítima, os quatro assaltantes retiraram os ocupantes do veículo e fugiram em alta velocidade.

O carro, que tinha adesivos do posto de combustíveis, foi localizado durante a tarde nas proximidades do local. Uma das motocicletas usadas pelos criminoso teria apresentado defeito mecânico e foi abandonada. A arma usada pelo policial reformado, um revólver calibre 38, foi encontrado junto ao corpo e foi encaminhada para a Delegacia de Plantão da cidade.

Segundo a PM, a vítima já não estava na ativa na corporação desde 2009. Ainda conforme a corporação, militares continuam apoiando as ações da PRF na tentativa de localizar os autores, que já teriam sido identificados, e tirá-los de circulação.

Em decorrência do latrocínio, a BR-251 precisou ficar fechada por cerca de quatro horas nos dois sentidos, o que causou um enorme congestionamento.