Taxista suspeito de estuprar 18 mulheres é preso em BH

Suspeito abordava as vítimas dizendo que elas estavam sendo seguidas e oferecia carona; ele foi preso na manhã desta segunda-feira, em casa

iG Minas Gerais | Pedro Vaz Perez |

Um taxista suspeito de estuprar 18 mulheres em Belo Horizonte foi detido na manhã desta segunda-feira (26), em sua casa, no bairro Piratininga, em Venda Nova. Ismard Martins Vieira, de 39 anos, estava sendo investigado pela Polícia Civil há três anos. Ele abordava as mulheres dizendo que elas estavam sendo seguidas e oferecia carona. Se as vítimas não entrassem no carro, ele as ameaçava, dizendo que estava armado. 

Quando a vítima entrava no carro, ele cometia os abusos. O último crime atribuído a ele foi registrado no dia 27 de abril deste ano. O suspeito agia principalmente nas regiões de Venda Nova, Pampulha, Noroeste e Central de Belo Horizonte.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Andrea Aparecida Alves Soares, Vieira confessou os crimes. Um retrato falado ajudou a polícia a encontrá-lo em um banco de dados que reúne informações sobre taxistas da capital. Até o momento, ele já foi reconhecido por dez das vítimas. Uma delas ficou em dúvida e as demais ainda não fizeram o reconhecimento.

Vieira, que é casado e tem um filho de 13 anos, se declarou arrependido e pediu perdão à família e às vítimas. Ele não soube explicar porque teria cometido os crimes. A delegada vai pedir a prisão temporária do suspeito por 30 dias, a partir desta segunda. Ele deve ser transferido para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira.

Leia tudo sobre: taxistapresoestuprobelo horizonte