Alunos fazem manifestação contra sexto horário em Escola Estadual

Cerca de 70 estudantes chegaram a fechar o trânsito pedindo a volta dos cinco horários tradicionais

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Cerca de 70 alunos da Escola Estadual Maria Coutinho, localizada no bairro Alvorada, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, fizeram uma manifestação na manhã desta segunda-feira (26) pedindo o fim do sexto horário. 

Conforme as informações de militares da 133ª Companhia do 18º Batalhão da Polícia Militar (PM), um dos alunos, que seria maior de idade, teria convocado os colegas para reivindicar o fim do último horário. Ainda segundo a PM, o sexto horário é decorrente do projeto Reinventando o Ensino Médio, do Governo de Minas. 

O projeto amplia a carga horária do ensino médio de 2,5 mil horas/aula para três mil horas/aula, sendo que os estudantes escolhem uma disciplina entre três opções voltadas para áreas de empregabilidade. 

Por serem contra a medida, os alunos da instituição decidiram fazer uma passeata, saindo da instituição de ensino em direção à Prefeitura de Contagem. Os jovens chegaram a fechar o trânsito na avenida Prefeito Gil Diniz e, também, na avenida João César de Oliveira, em frente à faculdade UNA. O trânsito ficou complicado nestes pontos, apesar da PM não saber precisar a proporção dos congestionamentos. 

Os estudantes finalizaram a manifestação por volta das 12h prometendo retomar o protesto por volta das 13h, porém, nada foi registrado pela PM.

Leia tudo sobre: protestosexto horáriofimescola estadual