'Camila Pancadão' mata rival a facadas durante festa em Araguari

Suspeita, que ainda não foi localizada, contou com a ajuda de quatro amigos, que acabaram detidos; motivação do crime é desconhecida

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Priscila estava em um evento de som automotivo
FACEBOOK / REPRODUÇÃO
Priscila estava em um evento de som automotivo

A Polícia Militar de Araguari, no Triângulo Mineiro, está à procura de uma jovem de 20 anos que matou uma mulher durante um encontro de som automotivo, nesse domingo (25), no bairro Palmeira dos Impérios. A suspeita contou com a ajuda de mais quatro pessoas, que foram detidas. Uma amiga da vítima também ficou ferida ao tentar separar a briga.

De acordo com a Polícia Militar, Priscila Campos Santana da Silva estava com Daiana Gabriela dos Santos Rodrigues, de 30, e outros amigos na festa quando, ainda por motivo desconhecido, começou a brigar com Camila Cristina Mendes, conhecida na cidade pelo apelido de “Camila Pancadão”.

Durante a briga, a suspeita desferiu golpes contra o tórax da jovem, que chegou a ser socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Já Daiana teve ferimentos leves e não corre risco de morte. Durante rastreamento, militares conseguiram localizar um menor de 17 anos, Bruna dos Santos Xavier e Sara Hadassa Fernandes Pereira, ambas de 18, e Pedro Lucas Mora Rosa, de 19, que seriam coautores nos crimes.

No momento em que foi surpreendido pelos policiais, o grupo arrumava uma mala com os pertences de Camila. Os suspeitos foram encaminhados à Delegacia de Plantão de Araguari. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave