Atlético precisa melhorar finalizações, diz Levir

Técnico disse que clube alvinegro criou oportunidades, mas precisa caprichar na hora dos chutes a gol

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Levir viu atleticanos mais perto de vencerem o confronto com o Criciúma
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Levir viu atleticanos mais perto de vencerem o confronto com o Criciúma

O Atlético que vinha se comportando bem em campo nos últimos três jogos não conseguiu repetir o sucesso neste fim de semana e ficou no empate sem gols com o Criciúma, em Ipatinga. Sem apontar culpados, o técnico Levir Culpi acredita que o erro do clube alvinegro foram as finalizações ruins (sete erradas no total), que poderiam ter mudado o resultado do confronto.

“Mais uma vez, foi um jogo muito desgastante na parte física. A primeira dificuldade já foi o gramado alto, isso puxou muito a parte física do jogo. Criamos as melhores oportunidades, mas também estivemos perto de perder porque eles tiveram duas ou três oportunidades. Faltou competência na finalização, as duas partes, mas, pelas chances, estivemos mais perto da vitória. Com uma finalização um pouco mais qualificada, poderíamos ter conquistado”, analisou o treinador.

Ainda sem ter um nome de referência nas laterais, Levir está utilizando Emerson Conceição na esquerda, posição que está 'sem dono' desde o ano passado, e Alex Silva na direita, já que Marcos Rocha está em tratamento no departamento médico. Os dois também foram cobrados pela torcida e o próprio comandante espera que haja uma melhora técnica.

“O Emerson deu o melhor passe da partida para o André, mas não veio o gol. Os dois laterais estão se adaptando ao Atlético. Foi uma atuação regular. Ele tem porte físico excelente. Tem que melhorar a parte técnica, assim como o Alex. Mas vão melhorar porque tem boas qualidades”, elogiou.