Escala de coletivo do Move será reajustada durante horário de pico

Informação foi passada pela gerente operacional da Estação Pampulha durante o primeiro dia útil da segunda fase do sistema

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Para evitar tumultos durante horários de picos, a escala de coletivos da linha 50 (Estação Pampulha/Centro) será reajustada. A informação foi confirmada pela gerente operacional da estação, Maria Inês Franco, na manhã desta segunda-feira (26), durante o primeiro dia útil da segunda fase de operação do Move (nome dado ao BRT da capital, sigla em inglês para transporte rápido por ônibus) na avenida Antônio Carlos.

A linha é umas das principais do novo sistema e usuários têm que esperar por até três coletivos para conseguirem realizar o embarque. Mais uma vez, alguns passageiros ficaram confusos e reclamaram do tempo de deslocamento durante a baldeação.

“Antes eu gastava 1h45 de bairro Piratininga até o bairro Betânia. Hoje, só para chegar na estação gastei mais de uma hora”, disse o encarregado Paulo Sérgio, de 29.

Outro problema registrado foi na linha 5250 (Estação Pampulha / Betânia), antigo 1207, onde o motorista de um dos coletivos errou o caminho e passou pelo centro de Belo Horizonte, quando deveria passar pelo Barro Preto. A viagem demorou cerca de 1h10. Além disso, o ar condicionado do veículo não estava funcionando.

Nesta manhã não foi registrado congestionamentos nas pistas mistas durante as viagens. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave