Chapecoense derrota o Palmeiras em 'vitória histórica'

Os dois times estrearam neste ano na elite do futebol brasileiro; essa é a primeira vitória do time catarinense sobre o clube paulista no campeonato nacional

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

No duelo entre o atual campeão e o vice da Série B do ano passado, a Chapecoense recebeu o Palmeiras, neste domingo, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, e "fez história". Em ano de estreia na elite do futebol, o time catarinense celebrou a sua primeira vitória na Série A ao derrotar, por 2 a 0, o time paulista.

É a terceira vez que os dois times se encontram e a equipe do Sul acumula agora duas vitórias e um empate. No ano passado, a Chapecoense deu trabalho e foi o único time que não perdeu para os paulistas na campanha da Série B. Ganhou por 1 a 0, em casa, e empatou por 0 a 0 no Pacaembu.

Os dois times estão sob comando de técnicos interinos, com a diferença que o Palmeiras, comandado Alberto Valentim após a saída de Gilson Kleina, já tem definido o seu novo treinador: o argentino Ricardo Gareca, que assumirá somente após o recesso para a Copa do Mundo. Já a Chapecoense ainda segue interinamente comandada por Celso Rodrigues, após a saída de Gilmar Dal Pozzo.

A vitória da Chapecoense tirou a invencibilidade do interino Alberto Valentim. Com a sua chegada, o time havia embalado e conquistado quatro vitórias consecutivas, sendo três pelo Brasileirão e uma pela Copa do Brasil. Além disso, a defesa palmeirense estava sem tomar gols neste período. A derrota ainda tirou as chances de o clube paulista entrar no G4, apesar de ainda figurar na parte alta da tabela de classificação, com 12 pontos.

O triunfo da Chapecoense, por outro lado, não foi capaz de mudar o panorama do time que continua nas últimas posições, dentro da zona de rebaixamento. Além da primeira vitória, a equipe catarinense tem dois empates e quatro derrotas.

Apesar da diferença no placar, a partida foi equilibrada, com os dois times alternando bons e maus momentos. E ironicamente foi justamente em um dos momentos que o Palmeiras estava melhor na partida que a Chapecoense soube aproveitar o contra-ataque e abriu o placar. O gol foi marcado pelo "Messi brasileiro" Tiago Luis, como foi chamado há alguns anos, que recebeu lançamento longo de Fabiano e cruzou rasteiro, sem chances para o goleiro Fábio.

Com o primeiro gol marcado no finalzinho do primeiro tempo, a equipe catarinense voltou embalada para a segunda etapa e Dedé ampliou a vantagem logo no primeiro minuto. Assim como no primeiro tempo, os times alternaram vantagem no jogo que teve um segundo tempo morno. O Palmeiras não conseguiu reagir e a Chapecoense soube segurar a sua primeira vitória no Brasileirão. No fim da partida, a torcida catarinense celebrou o feito histórico com gritos de "olé" para o time paulista.

Na próxima rodada, o Palmeiras enfrenta o Botafogo, nesta quarta-feira, às 19h30, em Presidente Prudente (SP). E a Chapecoense joga contra o Internacional, também na quarta, às 21 horas, em Caxias do Sul (RS).

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 2 x 0 PALMEIRAS

CHAPECOENSE - Danilo, Fabiano, Rafael Lima, André Paulino e Neuton; Wanderson, Diones, Nenén (Wescley) e Dedé; Tiago Luis (Fabinho Alves) e Roni (Abuda). Técnico: Celso Rodrigues (interino).

PALMEIRAS - Fabio, Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e William Matheus; Renato, Wesley, Mendieta (Felipe Menezes) e Marquinhos Gabriel (Bernardo); Diogo (Patrick Vieira) e Henrique. Técnico: Alberto Valentim (interino).

GOLS - Tiago Luis, aos 41 minutos do primeiro tempo; Dedé, a 1 minuto do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Fabiano e Nenén (Chapecoense); Wesley e Lúcio (Palmeiras).

ÁRBITRO - Emerson de Almeida Ferreira (MG).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Leia tudo sobre: chapecoensePalmeirascampeonato brasileiro