Atlético-PR ganha clássico e agrava crise no Coritiba

Rubro-negro venceu rival por 2 a 1 em jogado válido pela sétima rodada do campeonato nacional; o Coxa permanece na zona Z da tabela

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Ainda cumprindo suspensão pela perda de mandos de jogos, o Atlético Paranaense fez o clássico contra o Coritiba em Maringá, no estádio Willie Davids, neste domingo, e levou a melhor. O time rubro-negro venceu por 2 a 0, pela sétima rodada, e agravou a crise no principal rival, que segue sem vencer no Campeonato Brasileiro e ocupa um dos lugares da zona de rebaixamento.

Com as duas equipes fazendo más campanhas no Brasileirão e longe de ouritiba, o público no estádio foi de pouco menos de duas mil pessoas. Os poucos torcedores ainda tiveram que suportar um jogo muito fraco tecnicamente, com Atlético e Coritiba fazendo um confronto burocrático.

Os lances decisivos ocorreram no começo do segundo tempo. Aos 11 minutos, Marcos Guilherme aproveitou um cruzamento de Sueliton e bateu de primeira para abrir o placar. O Coritiba não teve tempo de reagir. Dois minutos depois, Natanel acertou uma cobrança de falta na trave e a bola bateu no zagueiro Luccas Claro, que não conseguiu evitar o gol contra.

A vitória quebra uma sequência de cinco jogos sem triunfos do Atlético, que agora tem nove pontos e está em 10.º lugar. Já o Coritiba soma apenas quatro pontos e está em 18º. Na próxima rodada, o time rubro-negro enfrenta o São Paulo, como mandante, em Uberlândia (MG). Já o Coritiba pega o Criciúma, em Santa Catarina. Os dois jogos serão nesta quarta-feira.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 2 x 0 CORITIBA

ATLÉTICO-PR - Weverton; Sueliton, Cleberson, Léo Pereira e Natanael; Deivid, Otávio, Bady (João Paulo) e Marcos Guilherme; Douglas Coutinho e Éderson. Técnico: Leandro Ávila (interino).

CORITIBA - Vanderlei; Luccas Claro, Leandro Almeida (Geraldo) e Welinton; Victor Ferraz, Chico, Baraka, Carlinhos e Alex; Roni e Júlio César (Keirrison). Técnico: Celso Roth.

GOLS - Marcos Guilherme, aos 11, e Luccas Claro (contra), aos 13 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Cleberson, Otávio e Weverton (Atlético-PR); Júlio César, Welinton, Keirrison e Geraldo (Coritiba).

ÁRBITRO - Edivaldo Elias da Silva (PR).

RENDA - R$ 39.202,00.

PÚBLICO - 1.063 pagantes (1.840 no total).

LOCAL - Estádio Willie Davids, em Maringá (PR).

Leia tudo sobre: campeonato brasileiroAtlético-PRCoritiba